RENUNCIAR É PRECISO !

Meu Blog de Devaneios.

"My Love My Life"
"Voarei sem asas se preciso for para te acompanhar

Vale quanto pesa!

Leitores & Amigos

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Mensagem de Vida !







“Ainda há tempo”...
Mesmo que as dúvidas persistem, que a emoção nos traia e a esperança falte, mesmo que as palavras fujam.
Não importa, porque ainda há tempo...
Para trocar o silencio pelo sorriso, os punhos fechados pelos braços abertos, para dispensar a distancia e acolher a cumplicidade, para pedir perdão e sentir saudades...
De tudo, de todos.
Porque agora tudo faz falta...
O abraço que negamos as risadas que não permitimos.
Mas ainda há tempo...
“Porque temos uma vida inteira para continuarmos amigos...”


(A.D)
Coleta do google imagens

Sem Rumos


Nas asas de uma  borboleta,ou no bico de um colibri!
Meus sentimentos sempre perduram por ti.
Meus sonhos são os mesmo.
Apenas o rumo que vai de encontro a vontade de Deus"


(Célia Macedo)
Imagem da web,

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Mensagem Humildade x Orgulho

 

 
 
 
Você já deve ter ouvido muitas vezes a palavra humildade, não é mesmo?

Essa palavra é muito usada, mas nem todas as pessoas conseguem entender o seu verdadeiro significado.

O termo humildade vem de húmus, palavra de origem latina que quer dizer terra fértil, rica em nutrientes e preparada para receber a semente.

Assim, uma pessoa humilde está sempre disposta a aprender e deixar brotar no solo fértil da sua alma, a boa semente.

A verdadeira humildade é firme, segura, sóbria, e jamais compartilha com a hipocrisia ou com a pieguice.

A humildade é a mais nobre de todas as virtudes pois somente ela predispõe o seu portador, à sabedoria real.

O contrário de humildade é orgulho, porque o orgulhoso nega tudo o que a humildade defende.

O orgulhoso é soberbo, julga-se superior e esconde-se por trás da falsa humildade ou da tola vaidade.

Alguns exemplos talvez tornem mais claras as nossas reflexões.

Quando, por exemplo, uma pessoa humilde comete um erro, diz: "eu me equivoquei", pois sua intenção é de aprender, de crescer. Mas quando uma pessoa orgulhosa comete um erro, diz: "não foi minha culpa", porque se acha acima de qualquer suspeita.

A pessoa humilde trabalha mais que a orgulhosa e por essa razão tem mais tempo.

Uma pessoa orgulhosa está sempre "muito ocupada" para fazer o que é necessário. A pessoa humilde enfrenta qualquer dificuldade e sempre vence os problemas.

A pessoa orgulhosa dá desculpas, mas não dá conta das suas obrigações e pendências. Uma pessoa humilde se compromete e realiza.

Uma pessoa orgulhosa se acha perfeita. A pessoa humilde diz: "eu sou bom, porém não tão bom como eu gostaria de ser".

A pessoa humilde respeita aqueles que lhe são superiores e trata de aprender algo com todos. A orgulhosa resiste àqueles que lhe são superiores e trata de pôr-lhes defeitos.

O humilde sempre faz algo mais, além da sua obrigação. O orgulhoso não colabora, e sempre diz: "eu faço o meu trabalho".

Uma pessoa humilde diz: "deve haver uma maneira melhor para fazer isto, e eu vou descobrir". A pessoa orgulhosa afirma: "sempre fiz assim e não vou mudar meu estilo".

A pessoa humilde compartilha suas experiências com colegas e amigos, o orgulhoso as guarda para si mesmo, porque teme a concorrência.

A pessoa orgulhosa não aceita críticas, a humilde está sempre disposta a ouvir todas as opiniões e a reter as melhores.

Quem é humilde cresce sempre, quem é orgulhoso fica estagnado, iludido na falsa posição de superioridade.

O orgulhoso se diz céptico, por achar que não pode haver nada no universo que ele desconheça, o humilde reverencia ao criador, todos os dias, porque sabe que há muitas verdades que ainda desconhece.

Uma pessoa humilde defende as ideias que julga nobres, sem se importar de quem elas venham. A pessoa orgulhosa defende sempre suas ideias, não porque acredite nelas, mas porque são suas.

Enfim, como se pode perceber, o orgulho é grilhão que impede a evolução das criaturas, a humildade é chave que abre as portas da perfeição.

......................

Você sabe por quê o mar é tão grande? Tão imenso? Tão poderoso?

É porque foi humilde o bastante para colocar-se alguns centímetros abaixo de todos os rios.

Sabendo receber, tornou-se grande. Se quisesse ser o primeiro, se quisesse ficar acima de todos os rios, não seria mar, seria uma ilha. E certamente estaria isolado.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Trocadilhos II

Trocadilhos II


João sem Braço

A máxima de levar vantagem em tudo ainda demarca terrenos inférteis no cotidiano. É a nódoa que mancha o respeito humano, pois trata-se da "arte" de enganar. Trata-se da covarde postura de esquivar, fugir do embate e intrujar ideários. E como nos deparamos com tais afrontas! Há um equívoco persistente de que o outro não é nada mais e nada menos que um degrau a ser tripudiado, devendo permanecer sempre abaixo, rastejando-se por caminhos onde a mesquinhez de muitos chega antes. A dissimulação é aviltante! A febre egoística já virou panaceia. Atônitos e fragilizados, os valores éticos e morais, quase sempre dispensados, a tudo assistem.

A atitude reclamada é a honestidade. É a determinação em propagar a ética, na congruência do dizer e fazer. É cultuar o respeito mútuo, na compreensão plena de liberdade e patriotismo, evitando assim a asfixia social. É responsabilizar-se, solidariamente, por tudo que diz respeito a todos.



Pisar em ovos

As pessoas são imperfeitamente diferentes umas das outras, inclusive pelos significados que cada uma dá em relação às vivências, ainda que sejam as mesmas. É a percepção de cada um que traduz, subjetivamente, a concepção que se tem da realidade. E aqui começam os ruídos. Invariavelmente somos tentados a supor que a minha "tradução" é a mesma do outro. Então, o outro, passa a ser construído sob este prisma. E, na ausência de cuidados, a "verdade" de um teima sobrepor-se à do outro. Não se atenta à elaboração interior que se processa no outro, sob a égide da individual percepção, tomada com convicção de ser a mais acertada.

A atitude é de empatia e compreensão. Compreensão entendida aqui não meramente como esforço de captação das idéias, não apenas como interesse e atenção. Significa, isto sim, a empática atitude de enxergar pelos olhos do outro, de sentir suas elaborações, de compreender suas traduções da realidade, com o claro propósito de alcançar os significados que constrói. Esse cuidado, empático, é o nascedouro do verdadeiro diálogo.



Marcar a Touca

Diz um velho ditado que cavalo dado não passa arreado duas vezes em frente à porta. As oportunidades perdidas são assim, dificilmente se repetem. E a vida é recheada de imprevistos e surpresas. Em grande parte das vezes, as posturas oferecidas traem qualquer possibilidade de sucesso. Argumenta-se a falta de tempo para fazer agora o que precisa ser feito agora. E o ritmo frenético das mudanças não espera pacientemente a resolução de abandonar o papel de mero ator, expectador das alterações, para tornar-se o autor. "Ficar de bobeira" é perder a capacidade de agilizar respostas, de refletir consistentemente e imprimir ações que afetem a inércia da vontade.

A atitude aqui é a motivação. Motivação e ousadia. E isso está intimamente ligado à vontade, inerente portanto a cada um, exceto quando se permite deixá-la adormecer. É o despertamento, disciplinado e perseverante, gerando o entusiasmo vibrante. É a janela de cada um que se abre para o mundo. Quando a vontade se cala, se mantém arredia e escondida nos escombros dos caminhos, é necessário então um "mão na roda" para alavancar o entusiasmo e reanimar os passos.



Mão na roda

A expressão é considerada aqui enquanto decisão em movimento. Não se falará, portanto, da sua origem. Importa que ela conclui os trocadilhos, isso porque o termo é multiuso, de ótima aderência às palavras solidariedade, amizade, ajuda, colaboração e tantas mais!

Mão na roda é acudir o tropeço do outro, ampará-lo, reerguê-lo e acolhê-lo no abraço fraternal. É oferecer-se em complemento, minimizando-lhe os desencontros, mitigando-lhe as frustrações, permitindo-lhe a cumplicidade do franco sorriso. É o grito de indignação que faz ecoar e contagia os submissos, elevando-lhes a capacidade de reação e de respostas tecidas na maturidade da criticidade. É fazer-se presente, quando o lamento for ouvido; é ajudar, sem esperar contrapartida; é solidarizar-se, quando o ânimo solicitar resgate; é constância de propósitos, quando o outro toma parte em nossas vidas. É não se esquivar, não furtar-se e não deixar esvanecer a declaração de companheirismo que une.

Mão na roda é cada um que consente o perdão, que respira compaixão, que se veste de altruísmo, que não abdica do amor ao semelhante, mesmo quando este é um desgarrado social maltrado em sua solitária condição. É ser "pau prá toda obra", quando os próprios atos puderem fazer diferença. É servir, verdadeiramente, como  esteio onde o outro recupera as próprias forças e refaz  para a continuidade da caminhada !

http://caminharruminar.blogspot.com.br/2010/07/trocadilhos-ii.html?spref=fb

Trocadilhos I

 


Chorar o Leite Derramado

O arrependimento é implacável, quando a índole nutre-se de verdades e ética. A nossa humana propensão ao erro é fato, ocorre em razão das crenças cultivadas e nem sempre se revela mesquinha, má, vil. Ocorrem enganos, escorregadelas involuntárias quase, mas que ferem, que machucam.

A atitude a ser emprestada é, primeiro, o perdão a si mesmo. Saber reconhecer-se imperfeito e aprender na imperfeição a reconstruir-se melhor. Depois, é preciso humildade para o reparo exigido. Humildade significando "esvaziamento de si" , enquanto ausência de concepções prévias, de verdades intactas e absolutas. Significa a mais profunda e íntima manifestação de reconhecer-se na imperfeição, sua e do outro. É preciso ir em busca disso. É preciso não estagnar-se, em si mesmo, ou encismesmar-se na arrogância. Percorrer, solitário, o vale das lamentações em nada contribuirá, em nada modificará o que posto está. Implica então em assumir, na totalidade, o seu próprio tamanho.



Encher Linguiça
As falas grandiloquentes nem sempre guardam coerência e nem sempre revelam verdades. Há máscaras que falseiam, apenas ajudam na performance das interpretações fantasiosas e equivocadas no palco da vida. Não é difícil lidar com "falas" dessa natureza, se externas a cada um. Difícil é lidar com esses "textos" construidos prá dentro, digeridos no confuso exagero da autoestima, em verdade autosuficiência. É quando o vazio existencial se torna um lugar lúgubre, tenebroso, solitariamente assustador. Quanto mais se tenta alcançar a aceitação, a reputação ou a glória, tanto mais de "nada" o vazio se encherá.

A atitude, primeira, é a da paciência consigo mesmo. Dosar a ansiedade da fala, dos gestos ou das fanfarrices. Depois, é exercer a tolerância em relação ao que partilha. É preciso esforço para compreender as vicissitudes e idiossincrasias no círculo de relações. Mais uma vez as imperfeições se revelam carentes. A empatia, tão árdua na aplicação, merece ser visitada e concedida. Os exercícios de descoberta, na aventura da reinvenção de si mesmo, passam a ser o programa predileto na dimensão humana. Embrenhar-se na selva das contradições, dos pesadelos do ser e das incompletudes desnorteantes, permitirá revisar-se por inteiro e alocar outros signficantes no espaço não mais vazio. Em processo.


Engolir Sapo
Atire a primeira pedra aquele que nunca se "explodiu" de contrariedade. E reprimi-la é o pior dos remédios. Não há coração que aguente e nem estômago que resista. Por vezes o insulto, a humilhação, o sarcasmo, o escárnio, o mandonismo exacerbado, a prepotência, o jogo de poder, enfim, inúmeras situações nos retiram dos trilhos e sem pestanejar, já desferimos respostas que agigantam o estrago. Ou então, vem a acomodação, e os sapos passam a ser digeridos na constância da passividade. O organismo se acostuma a não mais vomitá-los e a não mais expelí-los. As escolhas impõem riscos de toda sorte.

A atitude a ser proposta é a da resistência consciente, da dignidade que não se vende, da firmeza de propósitos edificados na ética. Ainda assim, quando preciso, dar a face à bofetada é um ensinamento a não ser esquecido. A ignorância, se revidada, vira lugar comum, que não mais diferencia, não mais distingue. A resignação é o exercício da bondade, e muitas vezes da caridade. Entretanto, hostilizar a prepotência ou solapar a si mesmo, ante o enfrentamento da injustiça ou opressão, só fazem imperar o caos que sustenta o egocentrismo humano. Hora de arrefecer os ânimos, recobrar a calmaria, concentrar-se na exuberância que reside em si mesmo e tratar, com serenidade, os descompassos.

Pagar o Pato
Responder por ações ou irresponsabilidades de outros é sofrer consequências dolorosas e incabíveis. Quantas e quantas vezes somos vitimados por "senhores do poder" que corrompem, se enriquecem nas masmorras da miserabilidade do povo e ao mesmo povo retornam com retórica afiada, a rir de tamanha e esquálida benevolência. "Senhores" que não aparecem nem na "Voz do Brasil", mas que se infiltram nos porões do poder e com astúcia vilipendiam a boa fé. Por fim, vencem instituições já falidas, escamoteiam projetos reclamados, zombam da dignidade e fazem triunfar nulidades. E cada um paga o preço da distância que permitiu abrir.

A atitude não é outra senão indignar-se, na prática. Não é outra, senão gritar basta. Não é outra, senão fazer valer a cidadania e expelir, da democracia, esses intragáveis gatunos bem vestidos na mordomia do poder. É preciso repudiar o cabresto, jogar ao chão a sela imposta e extirpar, vez por todas, as viseiras que retiram a vida da visão sistêmica e integral da realidade. Se a ausência de educação, e a criticidade por ela despertada, é apontada como responsável pelo cenário, então já é tempo de ressuscitar, em cada um, o cidadão que não se deixa enganar, não aceita o "arreio" e não tolera mais a rédea, para então propagar uma nova ordem, uma nova possibilidade, ou quem sabe até uma nova utopia. Importa que não se cale. Que não se submeta ao jugo. Que não se deixe corromper.
 

domingo, 12 de agosto de 2012

Feliz dia dos Pais.

Amizades

Amizades são feitas de pedacinhos. Pedacinhos de tempo que vivemos com cada pessoa.
Não importa a quantidade de tempo que passamos com cada amigo, mas a qualidade do tempo que vivemos com cada pessoa.
Cinco minutos podem ter uma importância muito maior do que um dia inteiro.


Assim, há amizades que são feitas de risos e dores compartilhados; outras de escola; outras de saídas, cinemas, diversões; há ainda aquelas que nascem e a gente nem sabe de quê, mas que estão presentes.
Talvez essas sejam feitas de silêncios compreendidos, ou de simpatia mútua sem explicação.

Hoje em dia, muitas amizades são feitas só de e-mails e essas não são menos importantes.
São as famosas 'amizades virtuais.' Diferentes até, mas não menos importantes.

Aprendemos a amar as pessoas sem que possamos julgá-las pela sua aparência ou modo de ser, sem que possamos (e fazemos isso inconscientemente às vezes) etiquetá-las.

Há amizades muito profundas que são criadas assim.
Saint-Exupéry disse:
“Foi o tempo que perdeste com tua rosa que fez tua rosa tão importante.”

E eu digo que é o tempo que ganhamos com cada amigo que faz cada amigo tão importante.
Porque tempo gasto com amigos é tempo ganho, aproveitado, lembranças para cinco minutos depois ou anos até.

Um amigo se torna importante pra nós, e nós para ele, quando somos capazes, mesmo na sua ausência, de rir ou chorar, de sentir saudade e nesse instante trazer o outro bem pertinho da gente.
Dessa forma, podemos ter vários melhores amigos de diferentes maneiras.

O importante é saber aproveitar o máximo cada minuto vivido e ter depois no baú das recordações horas para passar com os amigos, mesmo quando estes estiverem longe dos nossos olhos.


Fonte: Não conheço o autor, caso alguém tenha o conhecimento, por gentileza entre em contato para que eu venha a dar os créditos merecidos.

Tenha uma linda semana com muita paz.

Marcadores

―Clarice Lispector (1) : Decepção (2) . (Marla de Queiroz) (1) (Tati Bernardi) (4) *por acaso* (1) ♡ Reverência ao destino ♡ (1) 100 Palavras (3) 100Timentos (1) 123º Aniversário de Fernando Pessoa - O poeta de vários desdobramentos (1) 1ª parte (1) 7 erros na busca de um novo amor (1) A Chave (1) A ÁGUA (1) A amizade (1) A âncora (1) A Caridade Começa em Casa. web Mensagens (1) A catadora de vidro (1) A cicatriz Adélia Prado (1) A COBRA (1) A Importancia do perdão. (1) A lição da convivência (1) A MAIS BELA FLOR Web Mensagens (1) A Marca de Amor (1) A miséria do meu ser Web Mensagens (1) A Ostra e A Pérola (1) A Paixão da nossa Alma Web Mensagem (2) A paixão é maravilhosa (1) A Química da Amizade (1) A rosa e a cruz (1) A Solidão é Sempre Fundamento da Liberdad (1) A TPM EM QUATRO FASES (1) A VIDA (1) A vida é. (1) A.T.I.T.U.D.E (1) Abraço D'alma. (2) Acredite no Amor (1) Acrostico de Lucimar (1) Acróstico Aparecida G.telli (1) Acróstico Mary Cely (1) Adele - Rolling in the Deep ( LEGENDADO) (1) Adeus Otimismo web Mensagens (1) afeição companheiro (1) Afinidade (1) África (1) Águia ou Galinha (1) Ai Que Saudade d´Ocê (1) Aki e acolá de Mary cely.Devaneios (1) AlgoImporta (1) Algumas curiosidades da Festa de São João (1) Allax Garcia (1) Alma ferida (1) Alma Gêmea (1) Alonso Rodrigues Pimentel (1) ALTOS E BAIXOS (1) Amar é (2) Amar é uma DECISÃO (1) Amenidades da web Contradições (1) Amenidades da web Hot .dog (1) amenidades da web Vergonha (1) amenidades da web. (2) Amenidades da web. Passo para o perdão (1) Amenidades da Web.Cerca Lourenço (1) Amenidades da web.dissimulada (1) Amenidadesda web.Lilith (1) Amigo Sincero (1) Amigo virtual (1) Amigo Virtual Leticia Thompson (1) Amigos ...e amigos. texto desabafo (1) Amigos E...Amizades. (1) Amigos flores do meu jardim .Mary Cely (1) amizade (1) Amizade Caio Fernando Abreu (1) Amizade Leticia Thompsom (1) Amizade Mary Cely Texto pessoal (1) Amizade Traição e Valores (1) Amizade verdadeira (1) AMIZADE Web Mensagens (1) Amizades (1) Amor (1) Amor – Poema de Fernando Pessoa (1) Amor e saudade (1) Amor é sentimento; paixão é emoção. O amor liberta (1) Amor em fragmentos (1) Amor Eterno Poema de Mary Cely (1) Amor Maldito Rejane Camargo (1) Amor Mensagens (1) Amor que Fortalece (1) Amor sem dor (1) Amor&Romance (1) Ana Jácomo (3) AnaJácomo (1) Andréa Beheregaray (1) anjo caido (1) Anjos em terra. (1) Anjos Tristes Anna Müller (1) Antoine de Saint-Exupery (1) APENAS AMAR NÃO BASTA (1) Apenas os Outros (1) APENAS PORQUE EXISTES Web Poemas (1) Aprende Menina Caio Fernando Abreu (1) Artur da Távola Mensagens (1) As aves Almas e Metáfora Poéticas (1) As Estrelas e presença (1) As mulheres são verdes Web mensagens (1) As Vezes (1) Asas de Colibrí Soneto de Mary Cely (1) Assim eu vejo a vida (1) aTe nUnCa MaIS PREFEITO (1) Atração (1) Augusto Branco (1) Augusto Cury (1) Ausência (1) Auto retrato (1) Autopsicografia Fernando Pessoa (1) Aves raras (1) Bahia (1) Bahia de Feira de Santana Campeão (1) Bem a minha cara (1) Bertolt Brecht (1) Boas Festas à todos (1) Boas Festas. (1) Bom dia (1) Borboleta Azul Web mensagens (1) Borboletas Mário Quintana (1) Borboletas poema de Mary Cely (1) Caçadores da Felicidade Web Mensagens (1) Cáh Morandi (3) Caio Augusto Leite (1) Caio F. Abreu (1) Caio Fernando Abreu (21) Caio Fernando Abreu Pensamentos (1) Caio Fernando Abreu pensamentos II (1) Caio Fernando de Abreu (1) Camila Heloise (1) Caminhando texto de Mary cely (1) caminhos de Luz Mary cely (1) Canção do dia de sempre Mario Quintana (1) Cancioneiro (1) Carlos Drummond de Andrade (3) Carolina Salcides (1) Carpe Díem. (1) Carta de afago e desabafo (1) Carta de agradecimento Jornalista Cristóvam Aguiar (1) Carta de Célia Macedo a sua mãe. (1) Carta de Hosalina Herai a sua mãe. (1) Carta de Mary Cely Amiga e Alma gêmea. (1) Carta de Mary Cely magoas (1) Casa de Vô (1) Casemiro de Abreu.Simpatia poema (1) caso com o acaso (1) Cátia Azulinha Silva (1) Cecília Meireles (1) Celia Macedo (3) Célia Macedo (3) Charge (1) Charles Bukowski (1) Charles R. Swindoll (1) Chico Anysio (1) Chico xavier (2) Chico Xavier Web Mensagens (1) CHUVA QUE (EN)CANTA Bruno de Paula (1) Chuvas Célia macedo (1) Cinco Minutos Web Mensagens (1) Ciranda de Bruno de Paula (1) Ciranda de Mary Cely (1) Cirandas de Mary Cely (14) Clarice Lispector (6) Coisa Da web (1) Coisa da web Provérbios (1) Coisa de Cearense (1) Com razões (1) Como aproveitar melhor o sexo em diferentes fases da vida (1) COMO CUIDAR BEM DO SEU AMOR... (1) Como encontrar sua Alma gêmea (1) Como me Vêem. Critica de MarY cely (1) Conceitos e preconceitos Poema de Mary Cely (1) Consciência Negra (1) Consciência Negra 20 de novembro (1) Continuar (1) Conto de Marina Colossanti (1) Conto de Mary Cely Um amor virtual (1) Convivencia Mario Quintana (1) Cora Coralina (4) Coração (1) Coração Ferido poema de Adriana Leal (1) Coragem (1) CORAGEM DA CHUVA (1) Corintios 13 - Amor (1) Corriqueira Felicidade (1) Cortar o tempo (1) Cronica (1) Crônica de Célia Macedo (1) Crônica de Mary Cely (25) Cronica de Mary Cely Meus mais puros sentimentos (1) Cronica de Mary Cely Arrependimento (1) Cronicas de Célia Macedo (1) Cuide-se Clarice Linspector (1) Cultura musical.:Carimbó (1) Curiosidades da Web Expressões de um povo I (1) D Casmurro (1) Da infinita solidão (1) Da tortura emocional gratuita. (1) Dalai Lama (1) Dale Carnegie (1) Darcy Ribeiro (1) Decisões (1) Deficiências (1) Deixe ir... (1) Demagogos da vida (1) Depressão (1) Desaprendemos Carpinejar (1) Descaminhos (1) Desejo (1) Desejos de Alma Web Mensagens (1) Desejos de Amigos Mary Cely imagens (1) Desistências (1) desprende (1) destino (1) Detalhes (1) Deus cuida de nós (1) Deusas do cotidiano Sergio vaz (1) Devaneando Ou saudades (1) Devaneios de Avó Mary Cely (1) Devaneios de Mary Cely (Mary Cely) (1) Devaneios de Mary Cely autoria desconhecida (1) Devaneios sem rumo (1) Dia da Mulher (1) Dia do abraço (2) Dia do amigo (1) Dia do blogueiro (1) dia dos pais (1) Dia Mundial da Água. (1) Diamantes não se moldam (1) Diversa (1) diversas :Orgulho (1) Diversas Tempo da onça. (1) Diversas.Segredos (1) Diversidades da Web (1) Dizem po ai... (1) Drummond (1) Duetos Mary Cely e Roberto Leal (1) E bem assim (1) e cirandas de mary cely (1) É dificil (1) E isso aí (1) É Isso Aí (1) É isso aí videos (1) È noite na minha alma (1) É preciso amar direito Web Mensagens (1) É Proibido (1) E se eu te amasse um dia (1) Eduardo Orlando Holopainen (1) Ela é (1) Ela nâo quer dividir o brownie. (1) ELEGÂNCIA NO COMPORTAMENTO Martha medeiros (1) Eleições Serias rssss (1) Em algum Lugar (1) Emergência (1) Emily Dickinson (1) Emoção sem razão (1) Encontre o Caminho web mensagens (2) Escolhas Padre Fabio de Melo (1) Esperança (1) Esperando seu perdão (1) Essas Minhas Sandices (1) Essencial Rubem Alves (1) Eu acredito ainda... (1) Eu gosto (1) Eu Gosto Web Mensagem (1) Eu não acho nada (1) Eu quero falar de Perdão (1) Eu sei como é (a.d) (1) Eu sei Web mensagens (1) euforia (1) Expressões de Um Povo II Morreu Maria Preá (1) Fábio de Melo (1) Faça como os passarinhos (1) Fantasia (1) Faxina da Alma Web mensagens (1) fazer amor Web Mensagens Amor e Perseverança (1) fé Vanessa Leonardi (1) Felicidade (1) Feliz Ano Novo (1) Feliz Idade Mary Cely (1) ferias (1) Fernamdo Pessoa (1) Fernanda de Castro (1) Fernanda Gaona (2) Fernanda Rocha pensamentos (1) Fernando Pessoa (3) Fernando Pessoa Deve chamar tristeza (1) Fernando Pessoa Escrever é esquecer (1) Fernando Pessoa Frases (1) Fernando Pessoa Onde (1) Fernando Pessoa Procure Seus Caminhos (1) Fernando Pessoa Sempre (1) Fernando Pessoa.Encerrando Ciclos (1) ficção (1) Filtr Solar Pedro Bial (1) Filtro Solar - Pedro Bial (1) Florbela Espanca (1) Fora da Asa (1) Frase (1) Frase de Mary Cely lo Amor (1) Frase Sobre Idade (1) Frases da web (1) Frases de Quintana (1) Frases do Pensador (1) Gabito Nunes (3) Gabriela Moraes Texto de Mary cely video de Gabriela Moraes (1) Gi Stadnick (1) Gi Stadnicki (3) Gi Stadnicki Seja Puro (1) Gi Stadnicki. Vida (1) Giselle F. (1) Glória Salles Quero Minhas Asas (1) GOSTO DE PENSAR ASSIM (1) Grata Sempre (1) Gratidão (2) Gratidão com gostinho de saudade.Celia Macedo (1) Gripe xô fora (1) Guardar mágoas traz prejuízos à saúde de nosso corpo (1) Haikais de Mary Cely Borboletas (1) Haikais de Mary Cely Estrela Guia (1) Hoje (2) Homenagem a Nossa Srª (1) Hugo Pena e Gabriel (1) Hum hum (1) Humor (1) Humor baiano Minha terra (1) Humor Piadex (1) II (2) Imagem (1) indiretas (1) Ingratidão (1) Ingratidão tira a afeição (1) Insonia (1) Inveja...coisa tão feia... (1) Inversos (1) Ique Carvalho (1) Ironia do tempo (1) Isso Se Chama Amor (1) Ivan Teorilang (2) JACK KEROUAC: PENSAMENTOS (1) James Greene (1) Janela Com Vista Web Mensagens (1) JARDIM DAS BORBOLETAS (1) Jean Lacerda (1) Jefh Cardoso (1) Jordan Campos (1) Jordana Sampaio (1) Juramento de Amor Eterno... (1) Karlinha Ferreira (1) Ladrão de coração (1) Lágrimas (1) Legião Urbana (1) Lei Seca Fabricio Carpinejar Crônica (1) Leituras (1) Lembranças (1) Leonardo Boff Teólogo e Filósofo (1) Liberdade (2) Ligação do telemarketing (1) Límpido (1) Livros (1) Lua Adversa Cecilia Meireles (2) Lua... Luar (1) Luís Fernando Veríssimo (1) Luto (1) Luva de Pelica (1) madalena.blogs (1) Madre Teresa de Calcutá (1) Mágoas (1) Marcella Brafman (1) Mario Quintana (5) Mário Quintana (2) Mario quintana A vida (2) Marla de Queiroz (3) Marta Medeiros Mensagem linda (1) Martha Medeiros (3) Marx e Max (1) Mary Cely (1) mas é ele que me move. Web Mensagens (1) mas é provisória (1) mas não devia (1) Maturidade (1) MEDO DE VIVER SOZINHO (1) Mensagem (28) Mensagem .humildade (1) Mensagem Cosme e Damião (1) mensagem da web (6) Mensagem da Web Valor de um abraço (1) Mensagem de Ano Novo Mary Cely (1) Mensagem de Clarice Lispector (1) Mensagem de Mary Cely (7) Mensagem de Mary Cely Adeus poetisa Mary Cely (1) Mensagem de Mary Cely Desabafo da Alma (1) Mensagem de Mary Cely Possivel e passível (1) Mensagem de Otimismo (1) Mensagem de Otimismo da web (1) Mensagem Despertar da consciencia (1) Mensagem Drumond o eterno (1) Mensagem Humildade x Orgulho (1) Mensagem WEB Pedras Atiradas (1) Mensagen da Web.como medir a dor (1) Mensagens da Net Dia do beijo (1) Mensagens da Web (4) Mensagens da Web Em verdade (1) Mensagens da web Veríssimo (1) Mensagens da web Ninguém é Insubstituivel (1) Mensagens da Web Ou mudamos Ou morremos (1) Mensagens da web Reforma íntima (1) Mensagens da web Saudades (1) Mensagens da web Sugadores de Energia (1) Mensagens Preconceito (1) Mensagens Sofrimento (1) Mensgam de Rubem Alves (1) Mentiras à parte (1) Metamorfose de minha alma (1) Meu desejo é sua vontade. Texto de Mary Cely (1) Meu Mundo particular. BLOG (1) Meu pensamento Celia Macedo (1) Meus apegos (1) Meus Fragmentos (1) Michael Jackson (1) Michelle Trevisani. (1) Miguel Sousa Tavares Web mensagens (1) Minha essência (1) Minha mãe (2) Minha querida mãe (1) Mitologia (1) Mulher...Nordestina! (1) Mulheres belas web Mensgens (1) Namore uma garota que lê Rosemary Urquico (1) Não esta sendo fácil (1) Não se acha nada (1) Não somos perfeitos... (1) Naquele dia tomei um tombo... E aprendi. (1) Natureza (1) Neimar de Barros Deus Negro Poema (1) Nelson Mandela (1) No dia do aniversário (1) Nossa Senhora da Conceição (1) Nossas Escolhas (1) Nota de Falecimento...do BOM SENSO (1) NUNCA DESISTA DE AMAR (1) O amor (1) O amor Martha Medeiros (1) O Barulho da carroça Web mensagens Otimismo (1) O diário inacabado Poema de Rosalina Herai (1) O FOGO E A CORAGEM (1) O GUERRERO DA NÃO-VIOLÊNCIA (1) O MAIS EXTREMO ÓDIO COM O MAIS EXTREMO AMOR (1) O medo do Amor Martha Medeiros (1) O mendigo (1) O pássaro da Luz (Fênix) (1) O PODER DE UM ABRAÇO (1) O PONTO NEGR (1) O que realmente importa? (1) O rancor corta as asas de quem nasceu para ser passarinho " Gi Stadnicki" (1) O rouxinol e a rosa WEb Mensagens (1) O silêncio (1) O Simbolismo da Rosa (1) O tempo (1) O Tempo Vida.Mary Cely (1) O Valor das pequenas coisas web Mensagens (1) Oito Bons Presentes Que Não Custam um Centavo Reflexão (1) Olinda Ribeiro (1) Onde andará o meu Doutor (1) Ontem Hoje e Sempre web mensagens (1) Oração de Mary Cely (2) Orgulho II (1) Os Três Mal-Amados. (1) Oscar Wilde (1) Oscar Wilde Loucos e santos (1) OSHO (4) Osho. Ego (1) Otimismo (1) otimismo em rede (1) Outono(Marla de Queiroz) (1) P E D A L A N D O (1) Paciência Arnaldo Jabor (1) Paixão e Sonhos Celia macedo Mary Cely (1) Palavra Amor é (1) Palavras (1) Palavras ao tempo (1) Palavras ao Vento de Celia (1) Palavras ao Vento. (1) Para refletir (1) Para refletir: Uma boa lição... (1) Para você que tem amigos... (1) Parabéns "renunciar é preciso" (1) Passatempo "Poemas Por Tudo e Por Nada" de Casimiro Teixeira (1) Passeio Socráatico Frei Betto (1) Paulo Coelho (1) Pe:Fábio de Melo (1) PEDAÇOS DE UMA ALMA (1) Pedindo perdão. (1) Pensadores e Pensamentos (1) Pensamento (2) Pensamentos (3) Pensamentos de Mary Cely (1) Pensamentos de Mary Cely Essências (1) Pensamentos V (1) Pense antes de falar Web Mensagens (1) Pequena Rosalina Herai (1) Perdão (2) Perdão de Amigo Errado (1) Perdas (1) Perdoar é permitir que a vida continue (1) Perdoar se perdoando (1) Perdoe-me (1) Perfect (1) Perfumes e Rosas (1) Permita-se Web Mensagens (1) pessoal relato (1) Pior amor ou Amor bandido. (1) PIPOCAS DA VIDA (1) Poderia ser Diferente (1) Poema (1) Poema à Mãe (1) Poema da Rosalina Herai. (1) Poema de docecomomel (hgata) (1) Poema de amor – Colar de pérolas (1) Poema de Celia Macedo (2) Poema de Florbela Espanca (1) poema de Mar Cely Falar de amor (1) Poema de Mary Cely Borboletas (1) poema de Mary Cely Célia Macedo (1) Poema de Mary Cely Indomável Ser (1) Poema de Mary Cely Metade (1) Poema de Mary Cely Meu nome é Saudade (1) Poema de Mary Cely Meus filhos meu rumo (1) Poema de Mary Cely Negro é minha cor (1) Poema de Mary Cely Poesia é teu nome (1) Poema de Mary Cely Que Saudades (1) Poema de Mary Cely Sem pressa (1) Poema de Mary Cely Vem (1) poema de Mary Cely Você minha paixão (1) Poema de Quintana (1) poema de Rosalina Herai (1) Poema de Rosane Silveira Desabafo da alma (1) poema diverso Florbela Espanca (1) Poema diversos Cecilia Meireles (2) Poema do Amigo (1) Poema Mario de Andrade (1) Poema Paixão Bandida Marta Peres (1) Poema para Mary Rimulord (1) Poema Recomeço Thiago RP (1) Poema sensual de Mary Cely Loucuras de amor (1) Poema Sensual de Mary Cely.Louco desejo de te amar (1) Poema Um dia Amei Hilda (1) poema+ texto+videos Vamos dançar (1) Poemas (12) Poemas Aparecida G.telli (7) Poemas Aparecida G.telli. (2) Poemas Convite (1) Poemas da vida (1) Poemas de amizade (1) Poemas de Mary Cely (51) Poemas de Mary Cely A Essência da vida (1) Poemas de Mary Cely Alma Desnuda de um Amor (1) Poemas de Mary Cely Gotas de Saudade (1) poemas de Mary Cely Humildade Sempre (1) Poemas de Mary Cely Mulher Nordetina (1) poemas de Mary Cely O amor e o Luar (1) Poemas de Mary Cely Orvalho da manhã (1) Poemas de Mary Cely Solidão (1) Poemas de Mary Cely Somos um só corpo (1) Poemas de Mary Cely. Meus Momentos (1) Poemas de Mary Cely.Paginas Viradas (1) Poemas de Roberto Leal. (1) Poemas de Roberto Leal.:Abc da vida (1) poemas diversos Fernando Sabino (1) poemas Réu de Amor;J.G de Araujo Jorge (1) Poemeto de Amor Mary Cely (1) Poemeto de Célia Macedo (1) Poemeto de Mary Cely (1) Poeminha do contra Mario Quintana (1) Poeminha Sentimental Mario Quintana (1) Poesia de Edison Gil Eu deixei de Ser (1) Poesia de Mary Cely Mereço ser feliz (1) Poetrix I de May Cely Cores Almiscaradas (1) Poetrix de Mary Cely Agua fonte da Vida (1) Poetrix de Mary Cely Auseência e partida (1) Poetrix II Mary Cely (1) Poetrix Mary Cely A Rubra Rosa (1) Porque ser poeta (1) porque seu amor é fiel (1) Porta Aberta....Sempre (1) Porta aberta.Mary Cely (1) Postagem MIL (1) Posts 1004 (1) Preconceito è Crime (1) Preconceito racial (1) Priscila Rôde (1) Prosa poética Pura Sedução Mary Cely (1) Provérbio chinês (1) Quando educas (1) Que atire a primeira pedra quem não tem defeitos Web Mensagens (1) QUE BLOGUEIRO É VOCÊ? (1) Que é simpatia Casemiro de Abreu (1) Quintana (1) Quintana Poema e Poesias (1) Quintana Quintanares (2) Quintana Sempre Quintanares (1) Rachel de Queiroz (1) Raios de Luz (1) Ratazanas também Amam (1) RECEITA DE ANO NOVO (1) Reciprocidade (1) Reeditando (1) Refletindo...sobre a vida (1) REFLEXÃO (1) Reflexão e Momentos (1) Reflexão Livro da vida (1) Reflexão Perdas (1) Relacionamento amizade amor e companheirismo (1) Relacionamentos (1) Renata Fagundes (1) Renato Russo (1) Renunciar é preciso Reeditando (1) romance (1) Rosalina Herai (1) ROSAS E ESPINHOS... (1) Rubem Alves (1) Rubem Alves: O tempo e as jabuticabas ... (1) S.O.S Rio de Janeiro (1) Salvador (1) Sandices mórbidas (1) Sao sebastião.Homenagens (1) Sartre (1) Saudade Alice Ruiz (1) Saudade Web mensagens II (1) Saudade... (1) Saudades (3) Saudades Acróticos Celia Macedo (1) Saudades Apenas Saudades (1) Saudades de Ti (1) Saudades Ou Falta (1) Sean wilhelm (1) Segredo Secreto (1) Segredos (1) Sem conceitos (1) sem palavras (2) Sem palavras - MIRIAM LEITÃO (1) Sem stress Só Ressaca (1) SEMANA DE COMBATE À EXPLORAÇÃO SEXUAL (1) Sempre Avance (1) Sensual (2) SENTE SAUDADE DOS ANOS 80 (1) Sentimento mal resolvido (1) Sentimentos (2) Sentimentos e Poesias Caio F.Abreu (2) Ser ou não ser (1) Ser criança (1) Ser diferente Artur de Távola (1) Ser e Querer Mary Cely (1) Ser feliz (1) Ser melhor exige tempo... (1) Síndrome de Don Juan (1) Síndrome de Don Juan Posts: I (1) Sinto sua falta. web Mensagens (1) SÓ DÊ OUVIDOS A QUEM TE AMA (1) SOBRE ENVELHECER Web Mensagem Eduardo Quimarães (1) SOBRE O AMOR (1) Sociedade Dos Poetas Morto (1) Socorro fantasmas (1) Solidão (1) Solidão (Célia Macedo) (1) Solidão Francis Bacon (1) Sombra e Luz (1) Soneto de Mary cely Meus olhos tristes (1) Soneto Repentino (1) Sonetos de Mary Cely Paixao e Sonhos (1) Sonetos de Mary Cely Saudades de Amar (1) Sonetos de Mary Cely Sou poetisa sonhadora (1) Sonhose Vida (1) Sou Assim web Mensagens (1) Sou o reverso de mim mesma (1) Subindo pela escala musical (1) Sussurros D'alma. Mary Cely (1) Tati Bernadi Indignação (1) Tati Bernardi (4) Tatoo Buterfly (1) Te Amar é tudo que eu preciso... (1) Tempo (1) Tempo Fabio Junior (1) Tenho medo (1) Texto de Aparecida G.Telli (1) Texto de Mar CelySerá Merecimento? (1) Texto de Mary Cely (3) Texto de Mary Cely A música esconde paixões (1) Texto de Mary Cely Amor Próprio (1) Texto de Mary Cely Dias de Chuva (1) Texto de Mary Cely Indiferente ou Anjo (1) Texto de Mary Cely Nunca jamis desista de seus Sonhos (1) Texto de Mary Cely Perdas e Ganhos (1) Texto de Mary Cely Sonhar é preciso (1) Texto de Mary Cely Sonhos são o que? (1) Texto de Mary Cely Uma declaração de amor (1) Texto de Mary Cely Verbos e povérbios (1) Texto de Mary Cely (Celia Macedo) Cartas de Amor (1) Texto de Mary Cely 13 de maio ...liberdade (1) texto de Mary Cely A dança de meu sonhar (1) Texto de Mary Cely Amizade e Conviniência (1) Texto de Mary Cely Amor de Mulher (1) Texto de Mary Cely anseios Meus Desejos Seus (1) Texto de Mary Cely Carapulça (1) Texto de Mary Cely Cuidando do Jardim (1) Texto de Mary Cely Dando laços...sem Nós (1) Texto de Mary Cely Devaneios Desabafo (1) Texto de Mary Cely Devaneios dos Momentos. (1) Texto de Mary Cely Diga não as drogas .ame-se (1) Texto de Mary Cely Eterno é o Amor (1) Texto de Mary Cely Frgmentos de uma paixão (1) Texto de Mary Cely Meu Conceito ...É... (1) Texto de Mary Cely Meu conceito de perdão. (1) texto de Mary Cely Ressentimentos (1) Texto de Mary Cely S.O.S Meio Ambiente (1) Texto de Mary Cely Sem ganhos...Só perdas (1) Texto de Mary Cely Sol brilho e pessoas (1) Texto de Mary Cely Solidão (1) Texto de Mary Cely Tentando Acertar (1) Texto de Mary Cely Tristeza..Eu sinto (1) Texto de Mary Cely Um Ombro Amigo (1) Texto de MarY Cely Uma carta de desabafo (1) Texto de Mary Cely Vamos a vida que ela é curta. (1) Texto de Mary Cely Viva Amizade (1) Texto de Mary Cely.Medo de seu egoísmo (1) Texto e contexto de Célia Macedo (1) Texto Mary Cely;A vida de todos nós e video. (1) Texto reflexivo (1) Texto web Amor maduro (1) Textos da Web (2) Textos diversos Arnaldo Jabor (2) textos Mary Cely amenidades (1) Tião Carreiro (1) Timidez Cecília Meireles (1) Tô dentro (1) Tô Nem Aí (1) Todo o resto é secundário (1) Tradição dos Ovos de Páscoa (1) traz paz (1) Tristeza (1) Tristeza não tem fim (1) Trocadilhos I (1) Trocadilhos II (1) Trova de Mary Cely Luar (1) TU LEMBRAS DAQUELES GRANDES ESPELHOS... (1) Tudo tem seu preço Web mensagens (1) Um Acaso (1) Um dia (1) Um dia após outro 2ª parte (1) Um dia após outro.Ficção (1) Um dos maiores desafios da vida é acreditar que algo é possível (1) Um Facto (1) Um Pássaro a Morrer (1) UM PÁSSARO QUE POUSOU EM MIM + video (1) Um simples 'obrigado' basta (1) Uma Colisão (1) Uma gota Poema de Mary Cely (1) Valores Jovens e Pessoas. Texto de Docecomomel(hgata) (1) Vamos a Luta (1) Vamos mudar os planos (1) Verbo Ser Carlos Drumond de Andrade (1) Verdadeiras Amizades: (1) Veronica Shoffstall (1) Versos Simples Chimarruts (1) VIAGEM NO TREM Web Mensagens de otimismo (1) Vida (1) Vida Vida Vidinha minha (1) Video (1) Video de Reflexão (1) Video e bla bla de Mary cely (1) Video e letra musica Mary Cely (1) Video Menestrel (1) Video Michel Telõ.Poetrix Você e Eu Mary Cely (1) Video you tube (2) Videos (9) Videos Sensual (1) VideoTiririca Deputado (1) Violência Texto de SOS (1) Vital Farias (1) Vitória Luz (1) Viver de aparências Gi Stadnicki (1) Viver... (1) Voa Voa Meu pássaro Web Mensagens (1) Você (2) Você Amiga (1) Você é o que ninguém vê. (1) web mensagem .Via email (1) web Mensagens Como medir uma pessoa (1) Web Amenidades poemas Quem de Nós? (1) web amenidades pulseiras do amor (1) web bláblá (1) Web Charge (1) web curiosidades Perdoar para renovar (1) web descontração (1) Web diversidade Mistério Misterioso. (1) Web fragmentos (1) Web Mensagem (3) Web Mensagem A garrafa fe Vinho (1) Web Mensagem Marcas da Vida (1) Web Mensagem O Mal de Parkinson (1) Web Mensagem Tratamento Paliativo (1) web Mensagens (21) Web Mensagens Rosas (1) Web Mensagens A folha amassada (1) web mensagens A amante e a esposa (1) Web Mensagens A caricia e o iluminado (1) web Mensagens A Gravidez da Amizade (1) Web Mensagens A Pausa (1) web mensagens Adversidades (1) web mensagens Algumas vezes (1) Web Mensagens Amizade (1) web Mensagens amizades (1) Web Mensagens Arnaldo Jabor (1) Web Mensagens Beijando o Sapo (1) Web Mensagens Bobo Marley (1) Web Mensagens Bullying (1) Web Mensagens Carpinejar Fabricio (1) Web mensagens Conflitos Interiores (1) Web Mensagens Drumonnd (1) Web Mensagens em tempos de Solidão (1) Web mensagens Eu sei (1) Web Mensagens Karla Tabalipa (1) Web Mensagens O sol e o vento (1) Web Mensagens Osho (1) Web Mensagens Otimismo é vital (1) web Mensagens Pablo Neruda Teu riso (1) Web Mensagens Paulo Coelho Reflexão (1) Web Mensagens Perdas e Danos (1) Web Mensagens Porta (1) Web mensagens Quantas vezes (1) Web Mensagens Quem é seu amante (1) Web Mensagens quem somos nós (1) Web Mensagens Reflexo (1) Web Mensagens Saudades (2) web Mensagens saudades II (1) web Mensagens Uma História de Amor Impossível (1) Web Mensagens Universo Umbigo (1) Web mensagens Veríssimo (1) web mensanges (1) web mesnagens (1) Web Mnesagans Vinicius de Morais (1) Web Otimismo (2) web pensamerntos (2) web poemas Ausência Drumonnd sempre (1) Web Reflexão. A bola da Amizade (1) web textos Fernando Pessoa (1) Web Variedades (1) William Shakespeare (1) Yvonne Chaca Chaca África (1) Zíbia Gasparetto (1)
A palavra Psyché, em grego significa borboleta, entendida como sinónimo de alma. A borboleta simboliza a imortalidade da alma: