RENUNCIAR É PRECISO !

Meu Blog de Devaneios.

"My Love My Life"
"Voarei sem asas se preciso for para te acompanhar

Vale quanto pesa!

Leitores & Amigos

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Encontre o Caminho



Encontre o Caminho


Basicamente, o ser humano tem, ao renascer na Terra, duas opções, dois caminhos a seguir em sua existência, são eles o bem e o mal. Tanto o bem, quanto o mal, têm seus atalhos e pontos neutros, significa dizer que, às vezes, o ser humano não escolhe apenas se imobiliza num desses pontos neutros que nada acrescentam à sua evolução.
Os atalhos que os dois caminhos oferecem são as ilusões. Ninguém pode fazer mal a outro alguém justificando fazê-lo pelo seu bem; e ninguém pode fazer bem a outro alguém se esse bem mascarar uma segunda intenção ou tolher do outro a oportunidade de buscar, por si só, as soluções para os seus problemas. Esses atalhos são perigosos e iludem com facilidade. Muitas vezes, os seres humanos preferem viver iludidos para não terem de se encontrarem, face a face, consigo mesmos, com sua real situação diante da vida.
A preferência pelos atalhos é arriscada, causa frustração, desespero, desânimo, tudo isso por conta de uma escolha cega e não raciocinada, medida e equilibrada.
As decisões que os seres humanos tomam, ao longo de suas vidas, lhes pertencerão para sempre, farão parte dos arquivos de suas histórias passadas, presentes e futuras, por essa razão é que toda e qualquer decisão necessita cautela, raciocínio. O egoísmo é uma das pedras no caminho da evolução humana, ele impulsiona a pessoa a decidir pelo “melhor” para si, sem atinar no mal que tal decisão pode causar e a quantos outros pode afetar de maneira negativa, é o atalho que ilude, que se mascara de bem sendo mal.
Fique bem claro, porém, que não ceder a caprichos dos outros, com vistas ao seu bem, não significa tomar um dos atalhos do mal, nem tampouco é uma situação na qual se esteja fazendo mal a alguém, mas sim esse é um dos atalhos do bem que pode ser interpretado, por aquele que lhe sofre a aplicação, equivocadamente, por mal.
Na verdade, o ser humano encarnado na Terra, trafega, a todo o instante pelos caminhos do bem e do mal, uma vez que aqui se encontra em fase de aprendizado, porém, o que determinará que ele viva relativamente em paz e prosperidade intima, é por qual caminho costuma com mais frequência trafegar.
O mal não apenas se faz, se pensa, e ao pensar mal, a pessoa se impregna dele, contagiando-se pela sua ação nociva e lançando, ao Universo, mais um mal pensamento que poderá vir a se unir a outros, formando assim uma força contrária ao bem.
Encontre o caminho. Não se iluda caindo nas armadilhas dos atalhos. Viva bem com os recursos que te foram confiados. Trace o seu roteiro, escolha a estrada, porém, seja responsável, pois só você responderá pelo bem, ou pelo mal que fizer, sentir ou pensar.
Decida, porém faça-o de forma consciente, pese, na balança da justiça, o resultado de suas decisões hoje, para que o futuro te seja, ou não, favorável.

Muita Luz,

Shàa e Anna
Fonte texto e Imagem
http://annapon-coisasdaalma.blogspot.com/2010/08/encontre-o-caminho.html

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Filtro Solar "Pedro Bial"


Pedro Bial - Filtro Solar

Música

Senhoras e senhores da turma de 2003:
Filtro solar!
Nunca deixem de usar o filtro solar
Se eu pudesse dar só uma dica sobre o futuro seria esta:
usem o filtro solar!

Os benefícios a longo prazo do uso de filtro solar estão provados e comprovados pela ciência;
Já o resto dos meus conselhos não tem outra base confiável além de minha própria existência errante.
Mas agora eu vou compartilhar esses conselhos com vocês.

Aproveite bem, o máximo que puder, o poder e a beleza da juventude.
Ou, então, esquece...
Você nunca vai entender mesmo o poder e a beleza da juventude até que tenham se apagado.
Mas, pode crer, daqui a 20 anos, você vai evocar as suas fotos e perceber de um jeito - que você nem desconfia hoje em dia - quantas tantas alternativas se lhe escancaravam à sua frente, e como você realmente estava com tudo em cima.
Você não está gordo! Ou gorda...

Não se preocupe com o futuro.
Ou então preocupe-se, se quiser, mas saiba que pré-ocupação é tão eficaz quanto mascar chiclete para tentar resolver uma equação de álgebra.
As encrencas de verdade de sua vida tendem vir de coisas que nunca passaram pela sua cabeça preocupada, e te pegam no ponto fraco às 4 da tarde de uma terça feira modorrenta.

Todo dia, enfrente pelo menos uma coisa que te meta medo mesmo.

Cante.

Não seja leviano com o coração dos outros.
Não ature gente de coração leviano.

Use o fio dental.
Não perca tempo com inveja.
Às vezes se está por cima,
às vezes por baixo.
A peleja é longa e, no fim,
é só você contra você mesmo.

Não esqueça os elogios que receber.
Esqueça as ofenças.
Se conseguir isso, me ensine.
Guarde as antigas cartas de amor.
Jogue fora os extratos bancários velhos.

Estique-se.

Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida.
As pessoas mais interessantes que eu conheço não sabiam, aos vinte e dois o que queriam fazer da vida.
Alguns dos quarentões mais interessantes que eu conheço ainda não sabem.
Tome bastante cálcio.
Seja cuidadoso com os joelhos.
Você vai sentir falta deles.

Talvez você case, talvez não.
Talvez tenha filhos, talvez não.
Talvez se divorcie aos quarenta, talvez dance ciranda em suas bodas de diamante.

Faça o que fizer, não se auto-congratule demais, nem seja severo demais com você.
As suas escolhas tem sempre metade da chance de dar certo.
É assim pra todo mundo.

Desfrute do seu corpo.
Use-o de toda a maneira que puder, mesmo.
Não tenha medo de seu corpo ou do que as outras pessoas possam achar dele.
É o mais incrível instrumento que você jamais vai possuir.

Dance.

Mesmo que não tenha aonde além do seu próprio quarto.

Leia as instruções, mesmo que não vá segui-las depois.
Não leia revistas de beleza. Elas só vão fazer você se achar feio.

Dedique-se a conhecer seus pais. É impossível prever quando eles terão ido embora, de vez.
Seja legal com seus irmãos. Eles são a melhor ponte com o seu passado e possivelmente quem vai sempre mesmo te apoiar no futuro.
Entenda que os amigos vão e vem, mas nunca abra mão de uns poucos e bons.
Esforce-se de verdade para diminuir as distâncias geográficas e de estilos de vida, porque quanto mais velho você ficar, mais você vai precisar das pessoas que conheceu quando era jovem.

More uma vez em Nova York, mas vá embora antes de endurecer.
More uma vez no Havaí, mas se mande antes de amolecer.

Viaje.

Aceite certas verdades inescapáveis:
Os preços vão subir. Os políticos vão saracotear.
Você, também, vai envelhecer.
E quando isso acontecer, você vai fantasiar que quando era jovem, os preços eram razoáveis, os políticos eram decentes, e as
crianças respeitavam os mais velhos.

Respeite os mais velhos.

E não espere que ninguém segure a sua barra.
Talvez você arrume uma boa aposentadoria.
Talvez case com um bom partido.
Mas não esqueça que um dos dois pode de repente acabar.
Não mexa demais nos cabelos senão quando você chegar aos 40 vai aparentar 85.

Cuidado com os conselhos que comprar,
mas seja paciente com aqueles que os oferecem.
Conselho é uma forma de nostalgia.
Compartilhar conselhos é um jeito de pescar o passado do lixo, esfregá-lo, repintar as partes feias e reciclar tudo por mais do que vale.

Mas, no filtro solar, acredite.

20 de Janeiro dia do Farmacêutico


Feira de Santana, 05 de janeiro de 2011.



Cara Elvira,

Gostaria de dizer isso pessoalmente a você e a todas as suas colegas de trabalho, mas preferi escrever e deixar com você, minha amiga e ex-colega de colégio, a missão de passar estas palavras para todas elas.

É o seguinte: Em toda a minha vida pude observar o tratamento que funcionários públicos dispensam aos usuários destes serviços. Em geral, são deseducados, arrogantes, desumanos e grosseiros. Parecem não entender que quem procura os serviços públicos são contribuintes,que pagam os impostos com os quais os salários dos funcionários do serviço público são pagos.Assim sendo,são ainda que indiretamente seus patrões e que merecem respeito e atençãoo.

E foi com grata surpresa que observei durante meses em que tenho recorrido aos serviços da farmácia deste hospital, que o tratamento dispensado por vocês é eficiente e que vocês tratam os quantos necessitam dos seus serviços com educação, respeito, gentileza e alegria. Diria até que vocês tem amor pelo que fazem.

Não sou chegado a honrarias, principalmente àquelas ofertadas por políticos, mas tivesse eu autoridade para tanto, outorgaria a vocês uma medalha pelos bons serviços prestados. Digo isso porque sei que as pessoas preferem criticar em vez de elogiar.Sei também que um elogio é sempre bem vindo,principalmente quando vem acompanhado por reconhecimento e não por bajulação.Satisfaz o nosso ego e nos motiva a fazer a cada melhor aquilo que nos propomos a fazer.

Sei também que, como eu, muitas outras pessoas reconhecem o trabalho de vocês, embora não tenham oportunidade de dizer. Assim sendo,só me resta parabenizar a todas e desejar que continuem assim,atendendo aos seus semelhantes com amor e dedicação.

Um forte abraço e que Deus abençoe a todas vocês.

Cristóvam Aguiar

Jornalista


Ps .Esta Carta me foi passada pela própria pessoa que a recebeu Elvira .

Farmacêutica do Hospital Especializado Lopes Rodrigues

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

APRENDENDO TAMBÉM A PERDER







A Arte de perder (Elizabeth Bishop)


A arte de perder não é difícil de dominar;
Tantas coisas parecem repletas da intenção de serem perdidas
Que a sua perda não é um desastre.
Perca algo todo dia. Aceite a perturbação de ter perdido as chaves de casa, a hora mal gasta.

A arte de perder não é difícil de dominar.
Então pratique perder profundamente, perder mais rápido:
Lugares, e nomes, e para onde você gostaria de ter viajado. Nada disso trará desastre.
Eu perdi o relógio da minha mãe. E veja! Minha última, ou próxima-a-ser-última, de três queridas casas se foi.

A arte de perder não é difícil de dominar.
Eu perdi duas cidades, pessoas queridas. E, ainda mais vasto, alguns reinos eu possuí, dois rios, um continente. Eu sinto falta deles , mas não foi um desastre.
Até mesmo perder você (a voz brincalhona, o gesto que eu amo) eu não poderia mentir. É evidente que a arte de perder não é difícil de dominar embora possa parecer (escreva!) como um desastre.

Google pesquisas e Imagens



Ps.Refletir sobre perdas faz bem ao Ego...
Nossas vidas é o que de mais valor temos o restante são meros acasos se perdermos.
Quem sabe se recuperamos.
Fica na dúvida,mas a vida é unica
Somos filhos de um Deus maior.

As tragédias que acontecem são coisas suscetiveis do tempo.
Nada nem ninguem ficará aqui para sempre tudo é transitorio.


Reflexão do dia a dia de cada ser.
Mary Cely

Gratidão

A gratidão é um sentimento que traz junto dele uma série de outros sentimentos: amor, ternura, fidelidade, amizade... Mas nunca submissão! É importante não confundir gratidão com atitudes de lisonjas ou bajulação: com servilismo.

Há um quê de nobreza, de olho no olho, de igualdade e reconhecimento da alma, do espírito e do pensamento daquele a quem devemos ou de quem somos alvos de gratidão.

A gratidão é horizontal, lado a lado. Nunca foi, não é, nem será alguma coisa de baixo para cima ou de cima para baixo.

Não há hierarquias na gratidão. Não há diferenças. Aliás, como prima-irmã do amor, seu oposto não é, como muitos pensam, o ódio, mas sim a indiferença. Quem não ama (seja que tipo de amor for: de pai, de mãe, de irmão, irmã, namorado, namorada, marido ou esposa) não é grato.

Quem não ama não é aquele que odeia.

Quem não ama é o que ignora, o ingrato, o indiferente.

Pense nisso, pense na gratidão. Pense, inclusive, como um sinal de maturidade, de harmonia.

Pense. E pratique. Pratique a gratidão.

Não faz mal, não tem contra-indicação. Basta amar. Feliz Dia da Gratidão!


Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

P.s.Em forma de gratidão não faz muito tempo eu Mary Cely fiz um texto em homenagem a alguem agradecendo pelo apoio de um ser humano que havia dado luz a meu caminho.E em reconhecimento recebi outro texto .As coisas mudam.Com esta certeza acreditei que mudam mesmo ou para melhor ou pior de acordo a condição de pensar e agir de cada um.Acreditava que estava sendo grata pela Luz recebida,mas acho que entendeu errado ou julgou-me por a si mesmo. (Mary Cely grata sempre até a chuva ácida tem seus efeitos)


terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Poeminha do Contra


Todos estes que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão…
Eu passarinho!

(Mário Quintana)



Sempre fui admiradora de Mario Quintana.
Google Imagens
Garimpo de texto google

Livro da Vida




As páginas da vida, são cheias de surpresas…

Há capítulos de alegrias, mas também de tristezas,

Há mistérios e fantasias, sofrimentos e decepções …

Por isso, não rasgue páginas,

Não salte capítulos,

Não te apresses em descobrir os mistérios,

Não perca as esperanças,

Pois muitos são os finais felizes…

E nunca te esqueças do principal:

No livro da vida, o Autor és Tu…



http://yvannasaraiva.blogspot.com/
(Infelizmente desconheço o autor)

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Reconheço meus erros!


Aproveitando o texto do posts anterior sobre ,Atire a 1ª pedra quem nunca errou.
Vou apenas retificar dando minha opinião.
Não podeemos atirar pedras e tão pouco esconder defeitos.
Mas podemos procurar aprender a errar menos, se assim o fizer reconhecer seus erros.
Poxa quem é perfeito neste mundico?
Onde o patamar sobre valores está cada vez mais elevado.
Digo valores morais e éticos.
Não posso e não devo ir a igreja e xingar Deus.
Mas posso olhar os meus defeitos tentando de alguma forma corrigir erros olhando para o meu próximo.
Ou quem sabe em forma de orações.
Muitos falam de amor próprio.
Hã definições e definições de todas palavras que abrange sentimentos de corpo e alma.
Sentimentos bons que elevam o ser humano tipo :Amor,saudade,carinho amizade,paixão e compaixão ao próximo
Há tambem aqueles sentimentos que machucam e faz muita gente sofrer: Magoa, odio, vingança raiva e pobreza de espirito.
Sabe aquela vozinha que diz quando você faz algo ou pretende fazer e machuca alguem?!
Poxa tô nem ai se fosse comigo nem ligavam!
Pois é.
É julgar o próximo por suas próprias ações.ainda mais negativas.
Nada mais feio e injusto.
Mas vamos seguir na linha do horizonte há muita paz e luz para iluminar e apaziguar os tormentos do coração.
E vamos a vida que a hora é esta!

Mary Cely (Celia Macedo)
Imagem do google

Que atire a primeira pedra quem não tem defeitos!




Dia desses estava prestando atenção aos meus defeitinhos. Ao contrário do que muita gente faz,eu não costumo esconder meus defeitos,eu procuro aceitá-los. Acredito que não vale à pena fingir que sou uma pessoa maravilhosa e defensora de causas grandiosas. Posso eu,uma pessoa cheia de defeitos,julgar e apontar o dedo a outro ser humano? “Eu li:” Quem insiste em julgar os outros têm alguma coisa a esconder a respeito de si mesmo!”Há situações que eu já aprendi, à custa de muitos erros e injustiças, a não julgar. Mas confesso que ainda há outras tantas que me faltam aprender.

Conheço muita gente que não assume facilmente os defeitos que tem. Mas cada um é cada um. Quanto aos meus defeitos sei quais são, uns são mais fáceis de aceitar que outros. Agora se aceito que me sejam apontados, depende... Por quem e de que maneira. Muitas vezes tenho vontade de falar e não falo,e acabo frustrada.Outras vezes,fico repetindo cenas na minha cabeça de coisas que eu disse e não deveria e me martirizo.

Sou meio que ingênua. Quantas vezes alguém me disse certa coisa, me prometeu algo e eu caí.Fiquei ansiosa,esperando...e era tudo uma grande mentira!Eu confio muito rápido nas pessoas, e quando vem o baque, juro a mim mesma que não vou deixar isso tornar a acontecer, e pra variar sempre acaba acontecendo novamente, pois a pessoa vem com outra história e eu acredito de novo! Quanto ao resto, aos poucos irão descobrindo.



Por isso, vamos olhar primeiro nossos defeitos para depois consertar o dos outros. Certo?

Beijinhos...

domingo, 16 de janeiro de 2011

A Paixão da nossa Alma


Texto de Thays Sant’ Ana
.
O monge zenbudista japonês Yasuhiko Genku Kimura, após um doloroso processo, vivenciou uma transformação de consciência. Aos 14 anos, ele perdeu a motivação pela vida. Havia sido educado para o sucesso e para ser o “número 1” em todas as disciplinas da escola. Então percebeu que estava extremamente solitário e sem perspectiva de futuro. Perdido e angustiado, passou a perguntar aos mestres e parentes qual era o sentido da vida. Foi também buscar pela resposta na filosofia. Tudo em vão. Tinha apenas 16 anos quando começou a pensar em um jeito de se suicidar sem deixar pistas. Um dia, em meio a esses pensamentos, Yasuhiko teve uma experiência que os budistas chamam de iluminação. De repente, ele se sentiu unificado ao Universo e entendeu o sentido da existência. Decidiu viver em um mosteiro e ordenou-se monge precocemente, aos 21 anos. Ouvindo seu coração, deixou seu país e foi para os Estados Unidos. Hoje, mora em Nova York com a mulher e presta consultoria a empresários e executivos, ministra cursos, seminários e workshops no mundo todo.

Aos 55 anos, uma de suas atividades preferidas é ajudar as pessoas a encontrar sua verdadeira paixão, que Yasuhiko denomina de Paixão da Alma. Trata-se da essência genuína, aquilo que realmente somos. Para ele, a paixão de toda alma é evoluir, o que significa tornar-se cada vez mais ela mesma. Alguns não estão conscientes disso, mas, à medida que adquirem informações sobre a evolução, começam a detectar esse desejo intrínseco e, quanto mais o percebem, mais capazes são de guiar seu próprio desenvolvimento. O monge acredita que cada alma tem uma missão específica, que é de sua responsabilidade e não pode ser transferida a ninguém. Realizá-la é tudo o que nossa alma mais deseja. Não há felicidade maior do que descobrir a paixão e estabelecer consigo o compromisso de viver de forma coerente com essa verdade mais íntima.

Em seu workshop Passion, durante dois dias de intenso trabalho, Yasuhiko faz uma série de questionamentos que estimulam os participantes a olhar para dentro de si. Em vez de se basearem em um raciocínio lógico, são orientados a “ficar com a pergunta” até que a resposta brote do seu interior. Normalmente, ao final do processo, cada um descobre sua paixão e a expressa por meio de uma frase curta, bastante clara, mas com sentido amplo. A paixão do mestre Kimura, por exemplo, é “contribuir com as pessoas em seu processo de ganho de consciência” e ele fez disso a sua profissão. O monge afirma que quanto mais uma pessoa vive de acordo com seu desejo íntimo, mais alegria, energia e felicidade ela experimenta.
Ele nos diz que descobrir nossa verdadeira paixão é a natureza de nossa alma. Ela deseja se expressar, se manifestar. As pessoas querem ser quem realmente são. Quando fazemos algo que não tem a ver com a nossa paixão, nos sentimos infelizes. Quando queremos ser como outra pessoa, nos limitamos. Cada pessoa é única e original. A originalidade é um dos critérios para saber se alguém é, ou não, iluminado, porque quando uma pessoa se ilumina, se torna ela mesma.
A iluminação acontece quando nos descolamos de nosso ego, cuja predominância determina um modo de vida em que há mais sofrimento do que alegria. Só livres do domínio do ego vamos em direção à nossa verdadeira essência. Essa passagem é uma experiência de crise. Além disso, viver no âmbito do ego leva à insatisfação, porque tudo o que realmente queremos – amor, alegria e felicidade verdadeiras – ele não pode nos oferecer. A essa passagem chamamos “a noite escura da alma”, tempo em que estamos à procura de uma nova luz. Nessa trajetória em busca da consciência, vamos de um extremo a outro e isso nos faz morrer para o passado, abrindo espaço para o novo. A mente, que estava orientada pelo passado, vive essa experiência como uma crise profunda. Com a evolução espiritual, aprende-se a ter cada vez mais alegria.
"Quando você faz algo que ama, naturalmente faz melhor. Se a sua profissão é uma expressão da sua paixão, a tendência é que você se torne um profissional melhor do que os que apenas têm talento para desempenhar aquela função. O que faz um grande mestre é a expressão criativa de sua essência. É isso o que permite o grande florescimento de nosso talento e genialidade. Só assim seremos pessoas bem-sucedidas. E, se a profissão é uma daquelas que envolvem muito dinheiro, você pode ficar rico ao mesmo tempo".
Infelizmente, as pessoas não são capazes de se dar conta de quão precioso é cada momento. Presumimos que estaremos vivos amanhã. Poucos têm em mente que a vida é finita, e nunca consideram que hoje pode ser o último dia de sua existência. Cada minuto é único e precioso. Quando alguém descobre que tem pouco tempo pela frente, se dá conta de que a maior parte do que nos traz preocupação é coisa miúda. Pelo fato de assumirmos que nossa vida continua dia após dia, esses pequenos problemas se tornam grandes demais e acabamos nos esquecendo do quão importante é viver nossas verdadeiras paixões.
Faz parte da evolução da consciência e da maturidade do ser humano perceber que há coisas que não podem ser alteradas, como a morte. Aceitar isso nos faz mudar de atitude e aproveitar cada instante com a alma, entendendo que nada é permanente. Assim, a vida se torna plena: não importa o que aconteça, você está presente em cada momento.
E quais são os sinais de que descobrimos a paixão da nossa alma?
Quando isso acontece, sente-se uma certeza profunda e uma alegria imensa. É como se você descobrisse o sentido das coisas e soubesse, afinal, por que está nesta vida. Até que isso aconteça, há um sentimento de incerteza. Quando você descobre sua paixão, você sabe que sabe.
.
Fonte de Minha garimpagem
http://katiabueno.blogspot.com/2010/04/paixao-da-nossa-alma.html

O PREÇO DE NÃO ESCUTAR A NATUREZA



por Leonardo Boff



O cataclisma ambiental, social e humano que se abateu sobre as três cidades serranas do Estado do Rio de Janeiro, Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo, na segunda semana de janeiro, com centenas de mortos, destruição de regiões inteiras e um incomensurável sofrimento dos que perderam familiares, casas e todos os haveres tem como causa mais imediata as chuvas torrenciais, próprias do verão, a configuração geofísica das montanhas, com pouca capa de solo sobre o qual cresce exuberante floresta subtropical, assentada sobre imensas rochas lisas que por causa da infiltração das águas e o peso da vegetação provocam frequentemente deslizamentos fatais.


Culpam-se pessoas que ocuparam áreas de risco, incriminam-se políticos corruptos que destribuíram terrenos perigosos a pobres, critica-se o poder público que se mostrou leniente e não fez obras de prevenção, por não serem visíveis e não angariarem votos. Nisso tudo há muita verdade. Mas nisso não reside a causa principal desta tragédia avassaladora.

A causa principal deriva do modo como costumamos tratar a natureza. Ela é generosa para conosco pois nos oferece tudo o que precisamos para viver. Mas nós, em contrapartida, a consideramos como um objeto qualquer, entregue ao nosso bel-prazer, sem nenhum sentido de responsabilidade pela sua preservação nem lhe damos alguma retribuição. Ao contrário, tratamo-la com violência, depredamo-la, arrancando tudo o que podemos dela para nosso benefício. E ainda a transformamos numa imensa lixeira de nossos dejetos.

Pior ainda: nós não conhecemos sua natureza e sua história. Somos analfabetos e ignorantes da história que se realizou nos nossos lugares no percurso de milhares e milhares de anos. Não nos preocupamos em conhecer a flora e a fauna, as montanhas, os rios, as paisagens, as pessoas significativas que ai viveram, artistas, poetas, governantes, sábios e construtores.


Somos, em grande parte, ainda devedores do espírito científico moderno que identifica a realidade com seus aspectos meramente materiais e mecanicistas sem incluir nela, a vida, a consciência e a comunhão íntima com as coisas que os poetas, músicos e artistas nos evocam em suas magníficas obras. O universo e a natureza possuem história. Ela está sendo contada pelas estrelas, pela Terra, pelo afloramento e elevação das montanhas, pelos animais, pelas florestas e pelos rios. Nossa tarefa é saber escutar e interpretar as mensagens que eles nos mandam.

Os povos originários sabiam captar cada movimento das nuvens, o sentido dos ventos e sabiam quando vinham ou não trombas d’água. Chico Mendes com quem participei de longas penetrações na floresta amazônica do Acre sabia interpretar cada ruído da selva, ler sinais da passagem de onças nas folhas do chão e, com o ouvido colado ao chão, sabia a direção em que ia a manada de perigosos porcos selvagens. Nós desaprendemos tudo isso. Com o recurso das ciências lemos a história inscrita nas camadas de cada ser. Mas esse conhecimento não entrou nos currículos escolares nem se transformou em cultura geral. Antes, virou técnica para dominar a natureza e acumular.


No caso das cidades serranas: é natural que haja chuvas torrenciais no verão. Sempre podem ocorrer desmoronamentos de encostas. Sabemos que já se instalou o aquecimento global que torna os eventos extremos mais freqüentes e mais densos. Conhecemos os vales profundos e os riachos que correm neles. Mas não escutamos a mensagem que eles nos enviam que é: não construir casas nas encostas; não morar perto do rio e preservar zelosamente a mata ciliar. O rio possui dois leitos: um normal, menor, pelo qual fluem as águas correntes e outro maior que dá vazão às grandes águas das chuvas torrenciais. Nesta parte não se pode construir e morar.

Estamos pagando alto preço pelo nosso descaso e pela dizimação da mata atlântica que equilibrava o regime das chuvas. O que se impõe agora é escutar a natureza e fazer obras preventivas que respeitem o modo de ser de cada encosta, de cada vale e de cada rio.


Só controlamos a natureza na medida em que lhe obedecemos e soubermos escutar suas mensagens e ler seus sinais. Caso contrário teremos que contar com tragédias fatais evitáveis.


Leonardo Boff é filósofo/teólogo

Fonte de texto retirado
http://porsimas.blogspot.com/

Marcadores

―Clarice Lispector (1) : Decepção (2) . (Marla de Queiroz) (1) (Tati Bernardi) (4) *por acaso* (1) ♡ Reverência ao destino ♡ (1) 100 Palavras (3) 100Timentos (1) 123º Aniversário de Fernando Pessoa - O poeta de vários desdobramentos (1) 1ª parte (1) 7 erros na busca de um novo amor (1) A Chave (1) A ÁGUA (1) A amizade (1) A âncora (1) A Caridade Começa em Casa. web Mensagens (1) A catadora de vidro (1) A cicatriz Adélia Prado (1) A COBRA (1) A Importancia do perdão. (1) A lição da convivência (1) A MAIS BELA FLOR Web Mensagens (1) A Marca de Amor (1) A miséria do meu ser Web Mensagens (1) A Ostra e A Pérola (1) A Paixão da nossa Alma Web Mensagem (2) A paixão é maravilhosa (1) A Química da Amizade (1) A rosa e a cruz (1) A Solidão é Sempre Fundamento da Liberdad (1) A TPM EM QUATRO FASES (1) A VIDA (1) A vida é. (1) A.T.I.T.U.D.E (1) Abraço D'alma. (2) Acredite no Amor (1) Acrostico de Lucimar (1) Acróstico Aparecida G.telli (1) Acróstico Mary Cely (1) Adele - Rolling in the Deep ( LEGENDADO) (1) Adeus Otimismo web Mensagens (1) afeição companheiro (1) Afinidade (1) África (1) Águia ou Galinha (1) Ai Que Saudade d´Ocê (1) Aki e acolá de Mary cely.Devaneios (1) AlgoImporta (1) Algumas curiosidades da Festa de São João (1) Allax Garcia (1) Alma ferida (1) Alma Gêmea (1) Alonso Rodrigues Pimentel (1) ALTOS E BAIXOS (1) Amar é (2) Amar é uma DECISÃO (1) Amenidades da web Contradições (1) Amenidades da web Hot .dog (1) amenidades da web Vergonha (1) amenidades da web. (2) Amenidades da web. Passo para o perdão (1) Amenidades da Web.Cerca Lourenço (1) Amenidades da web.dissimulada (1) Amenidadesda web.Lilith (1) Amigo Sincero (1) Amigo virtual (1) Amigo Virtual Leticia Thompson (1) Amigos ...e amigos. texto desabafo (1) Amigos E...Amizades. (1) Amigos flores do meu jardim .Mary Cely (1) amizade (1) Amizade Caio Fernando Abreu (1) Amizade Leticia Thompsom (1) Amizade Mary Cely Texto pessoal (1) Amizade Traição e Valores (1) Amizade verdadeira (1) AMIZADE Web Mensagens (1) Amizades (1) Amor (1) Amor – Poema de Fernando Pessoa (1) Amor e saudade (1) Amor é sentimento; paixão é emoção. O amor liberta (1) Amor em fragmentos (1) Amor Eterno Poema de Mary Cely (1) Amor Maldito Rejane Camargo (1) Amor Mensagens (1) Amor que Fortalece (1) Amor sem dor (1) Amor&Romance (1) Ana Jácomo (3) AnaJácomo (1) Andréa Beheregaray (1) anjo caido (1) Anjos em terra. (1) Anjos Tristes Anna Müller (1) Antoine de Saint-Exupery (1) APENAS AMAR NÃO BASTA (1) Apenas os Outros (1) APENAS PORQUE EXISTES Web Poemas (1) Aprende Menina Caio Fernando Abreu (1) Artur da Távola Mensagens (1) As aves Almas e Metáfora Poéticas (1) As Estrelas e presença (1) As mulheres são verdes Web mensagens (1) As Vezes (1) Asas de Colibrí Soneto de Mary Cely (1) Assim eu vejo a vida (1) aTe nUnCa MaIS PREFEITO (1) Atração (1) Augusto Branco (1) Augusto Cury (1) Ausência (1) Auto retrato (1) Autopsicografia Fernando Pessoa (1) Aves raras (1) Bahia (1) Bahia de Feira de Santana Campeão (1) Bem a minha cara (1) Bertolt Brecht (1) Boas Festas à todos (1) Boas Festas. (1) Bom dia (1) Borboleta Azul Web mensagens (1) Borboletas Mário Quintana (1) Borboletas poema de Mary Cely (1) Caçadores da Felicidade Web Mensagens (1) Cáh Morandi (3) Caio Augusto Leite (1) Caio F. Abreu (1) Caio Fernando Abreu (21) Caio Fernando Abreu Pensamentos (1) Caio Fernando Abreu pensamentos II (1) Caio Fernando de Abreu (1) Camila Heloise (1) Caminhando texto de Mary cely (1) caminhos de Luz Mary cely (1) Canção do dia de sempre Mario Quintana (1) Cancioneiro (1) Carlos Drummond de Andrade (3) Carolina Salcides (1) Carpe Díem. (1) Carta de afago e desabafo (1) Carta de agradecimento Jornalista Cristóvam Aguiar (1) Carta de Célia Macedo a sua mãe. (1) Carta de Hosalina Herai a sua mãe. (1) Carta de Mary Cely Amiga e Alma gêmea. (1) Carta de Mary Cely magoas (1) Casa de Vô (1) Casemiro de Abreu.Simpatia poema (1) caso com o acaso (1) Cátia Azulinha Silva (1) Cecília Meireles (1) Celia Macedo (3) Célia Macedo (3) Charge (1) Charles Bukowski (1) Charles R. Swindoll (1) Chico Anysio (1) Chico xavier (2) Chico Xavier Web Mensagens (1) CHUVA QUE (EN)CANTA Bruno de Paula (1) Chuvas Célia macedo (1) Cinco Minutos Web Mensagens (1) Ciranda de Bruno de Paula (1) Ciranda de Mary Cely (1) Cirandas de Mary Cely (14) Clarice Lispector (7) Coisa Da web (1) Coisa da web Provérbios (1) Coisa de Cearense (1) Com razões (1) Como aproveitar melhor o sexo em diferentes fases da vida (1) COMO CUIDAR BEM DO SEU AMOR... (1) Como encontrar sua Alma gêmea (1) Como me Vêem. Critica de MarY cely (1) Conceitos e preconceitos Poema de Mary Cely (1) Consciência Negra (1) Consciência Negra 20 de novembro (1) Continuar (1) Conto de Marina Colossanti (1) Conto de Mary Cely Um amor virtual (1) Convivencia Mario Quintana (1) Cora Coralina (4) Coração (1) Coração Ferido poema de Adriana Leal (1) Coragem (1) CORAGEM DA CHUVA (1) Corintios 13 - Amor (1) Corriqueira Felicidade (1) Cortar o tempo (1) Cronica (1) Crônica de Célia Macedo (1) Crônica de Mary Cely (25) Cronica de Mary Cely Meus mais puros sentimentos (1) Cronica de Mary Cely Arrependimento (1) Cronicas de Célia Macedo (1) Cuide-se Clarice Linspector (1) Cultura musical.:Carimbó (1) Curiosidades da Web Expressões de um povo I (1) D Casmurro (1) Da infinita solidão (1) Da tortura emocional gratuita. (1) Dalai Lama (1) Dale Carnegie (1) Darcy Ribeiro (1) Decisões (1) Deficiências (1) Deixe ir... (1) Demagogos da vida (1) Depressão (1) Desaprendemos Carpinejar (1) Descaminhos (1) Desejo (1) Desejos de Alma Web Mensagens (1) Desejos de Amigos Mary Cely imagens (1) Desistências (1) desprende (1) destino (1) Detalhes (1) Deus cuida de nós (1) Deusas do cotidiano Sergio vaz (1) Devaneando Ou saudades (1) Devaneios de Avó Mary Cely (1) Devaneios de Mary Cely (Mary Cely) (1) Devaneios de Mary Cely autoria desconhecida (1) Devaneios sem rumo (1) Dia da Mulher (1) Dia do abraço (2) Dia do amigo (1) Dia do blogueiro (1) dia dos pais (1) Dia Mundial da Água. (1) Diamantes não se moldam (1) Diversa (1) diversas :Orgulho (1) Diversas Tempo da onça. (1) Diversas.Segredos (1) Diversidades da Web (1) Dizem po ai... (1) Drummond (1) Duetos Mary Cely e Roberto Leal (1) E bem assim (1) e cirandas de mary cely (1) É dificil (1) E isso aí (1) É Isso Aí (1) É isso aí videos (1) È noite na minha alma (1) É preciso amar direito Web Mensagens (1) É Proibido (1) E se eu te amasse um dia (1) Eduardo Orlando Holopainen (1) Ela é (1) Ela nâo quer dividir o brownie. (1) ELEGÂNCIA NO COMPORTAMENTO Martha medeiros (1) Eleições Serias rssss (1) Em algum Lugar (1) Emergência (1) Emily Dickinson (1) Emoção sem razão (1) Encontre o Caminho web mensagens (2) Escolhas Padre Fabio de Melo (1) Esperança (1) Esperando seu perdão (1) Essas Minhas Sandices (1) Essencial Rubem Alves (1) Eu acredito ainda... (1) Eu gosto (1) Eu Gosto Web Mensagem (1) Eu não acho nada (1) Eu quero falar de Perdão (1) Eu sei como é (a.d) (1) Eu sei Web mensagens (1) euforia (1) Expressões de Um Povo II Morreu Maria Preá (1) Fábio de Melo (1) Faça como os passarinhos (1) Fantasia (1) Faxina da Alma Web mensagens (1) fazer amor Web Mensagens Amor e Perseverança (1) fé Vanessa Leonardi (1) Felicidade (1) Feliz Ano Novo (1) Feliz Idade Mary Cely (1) ferias (1) Fernamdo Pessoa (1) Fernanda de Castro (1) Fernanda Gaona (2) Fernanda Rocha pensamentos (1) Fernando Pessoa (3) Fernando Pessoa Deve chamar tristeza (1) Fernando Pessoa Escrever é esquecer (1) Fernando Pessoa Frases (1) Fernando Pessoa Onde (1) Fernando Pessoa Procure Seus Caminhos (1) Fernando Pessoa Sempre (1) Fernando Pessoa.Encerrando Ciclos (1) ficção (1) Filtr Solar Pedro Bial (1) Filtro Solar - Pedro Bial (1) Florbela Espanca (1) Fora da Asa (1) Frase (1) Frase de Mary Cely lo Amor (1) Frase Sobre Idade (1) Frases da web (1) Frases de Quintana (1) Frases do Pensador (1) Gabito Nunes (3) Gabriela Moraes Texto de Mary cely video de Gabriela Moraes (1) Gi Stadnick (1) Gi Stadnicki (3) Gi Stadnicki Seja Puro (1) Gi Stadnicki. Vida (1) Giselle F. (1) Glória Salles Quero Minhas Asas (1) GOSTO DE PENSAR ASSIM (1) Grata Sempre (1) Gratidão (2) Gratidão com gostinho de saudade.Celia Macedo (1) Gripe xô fora (1) Guardar mágoas traz prejuízos à saúde de nosso corpo (1) Haikais de Mary Cely Borboletas (1) Haikais de Mary Cely Estrela Guia (1) Hoje (2) Homenagem a Nossa Srª (1) Hugo Pena e Gabriel (1) Hum hum (1) Humor (1) Humor baiano Minha terra (1) Humor Piadex (1) II (2) Imagem (1) indiretas (1) Ingratidão (1) Ingratidão tira a afeição (1) Insonia (1) Inveja...coisa tão feia... (1) Inversos (1) Ique Carvalho (1) Ironia do tempo (1) Isso Se Chama Amor (1) Ivan Teorilang (2) JACK KEROUAC: PENSAMENTOS (1) James Greene (1) Janela Com Vista Web Mensagens (1) JARDIM DAS BORBOLETAS (1) Jean Lacerda (1) Jefh Cardoso (1) Jordan Campos (1) Jordana Sampaio (1) Juramento de Amor Eterno... (1) Karlinha Ferreira (1) Ladrão de coração (1) Lágrimas (1) Legião Urbana (1) Lei Seca Fabricio Carpinejar Crônica (1) Leituras (1) Lembranças (1) Leonardo Boff Teólogo e Filósofo (1) Liberdade (2) Ligação do telemarketing (1) Límpido (1) Livros (1) Lua Adversa Cecilia Meireles (2) Lua... Luar (1) Luís Fernando Veríssimo (1) Luto (1) Luva de Pelica (1) madalena.blogs (1) Madre Teresa de Calcutá (1) Mágoas (1) Marcella Brafman (1) Mario Quintana (5) Mário Quintana (2) Mario quintana A vida (2) Marla de Queiroz (3) Marta Medeiros Mensagem linda (1) Martha Medeiros (3) Marx e Max (1) Mary Cely (1) mas é ele que me move. Web Mensagens (1) mas é provisória (1) mas não devia (1) Maturidade (1) MEDO DE VIVER SOZINHO (1) Mensagem (28) Mensagem .humildade (1) Mensagem Cosme e Damião (1) mensagem da web (6) Mensagem da Web Valor de um abraço (1) Mensagem de Ano Novo Mary Cely (1) Mensagem de Clarice Lispector (1) Mensagem de Mary Cely (7) Mensagem de Mary Cely Adeus poetisa Mary Cely (1) Mensagem de Mary Cely Desabafo da Alma (1) Mensagem de Mary Cely Possivel e passível (1) Mensagem de Otimismo (1) Mensagem de Otimismo da web (1) Mensagem Despertar da consciencia (1) Mensagem Drumond o eterno (1) Mensagem Humildade x Orgulho (1) Mensagem WEB Pedras Atiradas (1) Mensagen da Web.como medir a dor (1) Mensagens da Net Dia do beijo (1) Mensagens da Web (4) Mensagens da Web Em verdade (1) Mensagens da web Veríssimo (1) Mensagens da web Ninguém é Insubstituivel (1) Mensagens da Web Ou mudamos Ou morremos (1) Mensagens da web Reforma íntima (1) Mensagens da web Saudades (1) Mensagens da web Sugadores de Energia (1) Mensagens Preconceito (1) Mensagens Sofrimento (1) Mensgam de Rubem Alves (1) Mentiras à parte (1) Metamorfose de minha alma (1) Meu desejo é sua vontade. Texto de Mary Cely (1) Meu Mundo particular. BLOG (1) Meu pensamento Celia Macedo (1) Meus apegos (1) Meus Fragmentos (1) Michael Jackson (1) Michelle Trevisani. (1) Miguel Sousa Tavares Web mensagens (1) Minha essência (1) Minha mãe (2) Minha querida mãe (1) Mitologia (1) Mulher...Nordestina! (1) Mulheres belas web Mensgens (1) Namore uma garota que lê Rosemary Urquico (1) Não esta sendo fácil (1) Não se acha nada (1) Não somos perfeitos... (1) Naquele dia tomei um tombo... E aprendi. (1) Natureza (1) Neimar de Barros Deus Negro Poema (1) Nelson Mandela (1) No dia do aniversário (1) Nossa Senhora da Conceição (1) Nossas Escolhas (1) Nota de Falecimento...do BOM SENSO (1) NUNCA DESISTA DE AMAR (1) O amor (1) O amor Martha Medeiros (1) O Barulho da carroça Web mensagens Otimismo (1) O diário inacabado Poema de Rosalina Herai (1) O FOGO E A CORAGEM (1) O GUERRERO DA NÃO-VIOLÊNCIA (1) O MAIS EXTREMO ÓDIO COM O MAIS EXTREMO AMOR (1) O medo do Amor Martha Medeiros (1) O mendigo (1) O pássaro da Luz (Fênix) (1) O PODER DE UM ABRAÇO (1) O PONTO NEGR (1) O que realmente importa? (1) O rancor corta as asas de quem nasceu para ser passarinho " Gi Stadnicki" (1) O rouxinol e a rosa WEb Mensagens (1) O silêncio (1) O Simbolismo da Rosa (1) O tempo (1) O Tempo Vida.Mary Cely (1) O Valor das pequenas coisas web Mensagens (1) Oito Bons Presentes Que Não Custam um Centavo Reflexão (1) Olinda Ribeiro (1) Onde andará o meu Doutor (1) Ontem Hoje e Sempre web mensagens (1) Oração de Mary Cely (2) Orgulho II (1) Os Três Mal-Amados. (1) Oscar Wilde (1) Oscar Wilde Loucos e santos (1) OSHO (4) Osho. Ego (1) Otimismo (1) otimismo em rede (1) Outono(Marla de Queiroz) (1) P E D A L A N D O (1) Paciência Arnaldo Jabor (1) Paixão e Sonhos Celia macedo Mary Cely (1) Palavra Amor é (1) Palavras (1) Palavras ao tempo (1) Palavras ao Vento de Celia (1) Palavras ao Vento. (1) Para refletir (1) Para refletir: Uma boa lição... (1) Para você que tem amigos... (1) Parabéns "renunciar é preciso" (1) Passatempo "Poemas Por Tudo e Por Nada" de Casimiro Teixeira (1) Passeio Socráatico Frei Betto (1) Paulo Coelho (1) Pe:Fábio de Melo (1) PEDAÇOS DE UMA ALMA (1) Pedindo perdão. (1) Pensadores e Pensamentos (1) Pensamento (2) Pensamentos (3) Pensamentos de Mary Cely (1) Pensamentos de Mary Cely Essências (1) Pensamentos V (1) Pense antes de falar Web Mensagens (1) Pequena Rosalina Herai (1) Perdão (2) Perdão de Amigo Errado (1) Perdas (1) Perdoar é permitir que a vida continue (1) Perdoar se perdoando (1) Perdoe-me (1) Perfect (1) Perfumes e Rosas (1) Permita-se Web Mensagens (1) pessoal relato (1) Pior amor ou Amor bandido. (1) PIPOCAS DA VIDA (1) Poderia ser Diferente (1) Poema (1) Poema à Mãe (1) Poema da Rosalina Herai. (1) Poema de docecomomel (hgata) (1) Poema de amor – Colar de pérolas (1) Poema de Celia Macedo (2) Poema de Florbela Espanca (1) poema de Mar Cely Falar de amor (1) Poema de Mary Cely Borboletas (1) poema de Mary Cely Célia Macedo (1) Poema de Mary Cely Indomável Ser (1) Poema de Mary Cely Metade (1) Poema de Mary Cely Meu nome é Saudade (1) Poema de Mary Cely Meus filhos meu rumo (1) Poema de Mary Cely Negro é minha cor (1) Poema de Mary Cely Poesia é teu nome (1) Poema de Mary Cely Que Saudades (1) Poema de Mary Cely Sem pressa (1) Poema de Mary Cely Vem (1) poema de Mary Cely Você minha paixão (1) Poema de Quintana (1) poema de Rosalina Herai (1) Poema de Rosane Silveira Desabafo da alma (1) poema diverso Florbela Espanca (1) Poema diversos Cecilia Meireles (2) Poema do Amigo (1) Poema Mario de Andrade (1) Poema Paixão Bandida Marta Peres (1) Poema para Mary Rimulord (1) Poema Recomeço Thiago RP (1) Poema sensual de Mary Cely Loucuras de amor (1) Poema Sensual de Mary Cely.Louco desejo de te amar (1) Poema Um dia Amei Hilda (1) poema+ texto+videos Vamos dançar (1) Poemas (12) Poemas Aparecida G.telli (7) Poemas Aparecida G.telli. (2) Poemas Convite (1) Poemas da vida (1) Poemas de amizade (1) Poemas de Mary Cely (51) Poemas de Mary Cely A Essência da vida (1) Poemas de Mary Cely Alma Desnuda de um Amor (1) Poemas de Mary Cely Gotas de Saudade (1) poemas de Mary Cely Humildade Sempre (1) Poemas de Mary Cely Mulher Nordetina (1) poemas de Mary Cely O amor e o Luar (1) Poemas de Mary Cely Orvalho da manhã (1) Poemas de Mary Cely Solidão (1) Poemas de Mary Cely Somos um só corpo (1) Poemas de Mary Cely. Meus Momentos (1) Poemas de Mary Cely.Paginas Viradas (1) Poemas de Roberto Leal. (1) Poemas de Roberto Leal.:Abc da vida (1) poemas diversos Fernando Sabino (1) poemas Réu de Amor;J.G de Araujo Jorge (1) Poemeto de Amor Mary Cely (1) Poemeto de Célia Macedo (1) Poemeto de Mary Cely (1) Poeminha do contra Mario Quintana (1) Poeminha Sentimental Mario Quintana (1) Poesia de Edison Gil Eu deixei de Ser (1) Poesia de Mary Cely Mereço ser feliz (1) Poetrix I de May Cely Cores Almiscaradas (1) Poetrix de Mary Cely Agua fonte da Vida (1) Poetrix de Mary Cely Auseência e partida (1) Poetrix II Mary Cely (1) Poetrix Mary Cely A Rubra Rosa (1) Porque ser poeta (1) porque seu amor é fiel (1) Porta Aberta....Sempre (1) Porta aberta.Mary Cely (1) Postagem MIL (1) Posts 1004 (1) Preconceito è Crime (1) Preconceito racial (1) Priscila Rôde (1) Prosa poética Pura Sedução Mary Cely (1) Provérbio chinês (1) Quando educas (1) Que atire a primeira pedra quem não tem defeitos Web Mensagens (1) QUE BLOGUEIRO É VOCÊ? (1) Que é simpatia Casemiro de Abreu (1) Quintana (1) Quintana Poema e Poesias (1) Quintana Quintanares (2) Quintana Sempre Quintanares (1) Rachel de Queiroz (1) Raios de Luz (1) Ratazanas também Amam (1) RECEITA DE ANO NOVO (1) Reciprocidade (1) Reeditando (1) Refletindo...sobre a vida (1) REFLEXÃO (1) Reflexão e Momentos (1) Reflexão Livro da vida (1) Reflexão Perdas (1) Relacionamento amizade amor e companheirismo (1) Relacionamentos (1) Renata Fagundes (1) Renato Russo (1) Renunciar é preciso Reeditando (1) romance (1) Rosalina Herai (1) ROSAS E ESPINHOS... (1) Rubem Alves (1) Rubem Alves: O tempo e as jabuticabas ... (1) S.O.S Rio de Janeiro (1) Salvador (1) Sandices mórbidas (1) Sao sebastião.Homenagens (1) Sartre (1) Saudade Alice Ruiz (1) Saudade Web mensagens II (1) Saudade... (1) Saudades (3) Saudades Acróticos Celia Macedo (1) Saudades Apenas Saudades (1) Saudades de Ti (1) Saudades Ou Falta (1) Sean wilhelm (1) Segredo Secreto (1) Segredos (1) Sem conceitos (1) sem palavras (2) Sem palavras - MIRIAM LEITÃO (1) Sem stress Só Ressaca (1) SEMANA DE COMBATE À EXPLORAÇÃO SEXUAL (1) Sempre Avance (1) Sensual (2) SENTE SAUDADE DOS ANOS 80 (1) Sentimento mal resolvido (1) Sentimentos (2) Sentimentos e Poesias Caio F.Abreu (2) Ser ou não ser (1) Ser criança (1) Ser diferente Artur de Távola (1) Ser e Querer Mary Cely (1) Ser feliz (1) Ser melhor exige tempo... (1) Síndrome de Don Juan (1) Síndrome de Don Juan Posts: I (1) Sinto sua falta. web Mensagens (1) SÓ DÊ OUVIDOS A QUEM TE AMA (1) SOBRE ENVELHECER Web Mensagem Eduardo Quimarães (1) SOBRE O AMOR (1) Sociedade Dos Poetas Morto (1) Socorro fantasmas (1) Solidão (1) Solidão (Célia Macedo) (1) Solidão Francis Bacon (1) Sombra e Luz (1) Soneto de Mary cely Meus olhos tristes (1) Soneto Repentino (1) Sonetos de Mary Cely Paixao e Sonhos (1) Sonetos de Mary Cely Saudades de Amar (1) Sonetos de Mary Cely Sou poetisa sonhadora (1) Sonhose Vida (1) Sou Assim web Mensagens (1) Sou o reverso de mim mesma (1) Subindo pela escala musical (1) Sussurros D'alma. Mary Cely (1) Tati Bernadi Indignação (1) Tati Bernardi (4) Tatoo Buterfly (1) Te Amar é tudo que eu preciso... (1) Tempo (1) Tempo Fabio Junior (1) Tenho medo (1) Texto de Aparecida G.Telli (1) Texto de Mar CelySerá Merecimento? (1) Texto de Mary Cely (3) Texto de Mary Cely A música esconde paixões (1) Texto de Mary Cely Amor Próprio (1) Texto de Mary Cely Dias de Chuva (1) Texto de Mary Cely Indiferente ou Anjo (1) Texto de Mary Cely Nunca jamis desista de seus Sonhos (1) Texto de Mary Cely Perdas e Ganhos (1) Texto de Mary Cely Sonhar é preciso (1) Texto de Mary Cely Sonhos são o que? (1) Texto de Mary Cely Uma declaração de amor (1) Texto de Mary Cely Verbos e povérbios (1) Texto de Mary Cely (Celia Macedo) Cartas de Amor (1) Texto de Mary Cely 13 de maio ...liberdade (1) texto de Mary Cely A dança de meu sonhar (1) Texto de Mary Cely Amizade e Conviniência (1) Texto de Mary Cely Amor de Mulher (1) Texto de Mary Cely anseios Meus Desejos Seus (1) Texto de Mary Cely Carapulça (1) Texto de Mary Cely Cuidando do Jardim (1) Texto de Mary Cely Dando laços...sem Nós (1) Texto de Mary Cely Devaneios Desabafo (1) Texto de Mary Cely Devaneios dos Momentos. (1) Texto de Mary Cely Diga não as drogas .ame-se (1) Texto de Mary Cely Eterno é o Amor (1) Texto de Mary Cely Frgmentos de uma paixão (1) Texto de Mary Cely Meu Conceito ...É... (1) Texto de Mary Cely Meu conceito de perdão. (1) texto de Mary Cely Ressentimentos (1) Texto de Mary Cely S.O.S Meio Ambiente (1) Texto de Mary Cely Sem ganhos...Só perdas (1) Texto de Mary Cely Sol brilho e pessoas (1) Texto de Mary Cely Solidão (1) Texto de Mary Cely Tentando Acertar (1) Texto de Mary Cely Tristeza..Eu sinto (1) Texto de Mary Cely Um Ombro Amigo (1) Texto de MarY Cely Uma carta de desabafo (1) Texto de Mary Cely Vamos a vida que ela é curta. (1) Texto de Mary Cely Viva Amizade (1) Texto de Mary Cely.Medo de seu egoísmo (1) Texto e contexto de Célia Macedo (1) Texto Mary Cely;A vida de todos nós e video. (1) Texto reflexivo (1) Texto web Amor maduro (1) Textos da Web (2) Textos diversos Arnaldo Jabor (2) textos Mary Cely amenidades (1) Tião Carreiro (1) Timidez Cecília Meireles (1) Tô dentro (1) Tô Nem Aí (1) Todo o resto é secundário (1) Tradição dos Ovos de Páscoa (1) traz paz (1) Tristeza (1) Tristeza não tem fim (1) Trocadilhos I (1) Trocadilhos II (1) Trova de Mary Cely Luar (1) TU LEMBRAS DAQUELES GRANDES ESPELHOS... (1) Tudo tem seu preço Web mensagens (1) Um Acaso (1) Um dia (1) Um dia após outro 2ª parte (1) Um dia após outro.Ficção (1) Um dos maiores desafios da vida é acreditar que algo é possível (1) Um Facto (1) Um Pássaro a Morrer (1) UM PÁSSARO QUE POUSOU EM MIM + video (1) Um simples 'obrigado' basta (1) Uma Colisão (1) Uma gota Poema de Mary Cely (1) Valores Jovens e Pessoas. Texto de Docecomomel(hgata) (1) Vamos a Luta (1) Vamos mudar os planos (1) Verbo Ser Carlos Drumond de Andrade (1) Verdadeiras Amizades: (1) Veronica Shoffstall (1) Versos Simples Chimarruts (1) VIAGEM NO TREM Web Mensagens de otimismo (1) Vida (1) Vida Vida Vidinha minha (1) Video (1) Video de Reflexão (1) Video e bla bla de Mary cely (1) Video e letra musica Mary Cely (1) Video Menestrel (1) Video Michel Telõ.Poetrix Você e Eu Mary Cely (1) Video you tube (2) Videos (9) Videos Sensual (1) VideoTiririca Deputado (1) Violência Texto de SOS (1) Vital Farias (1) Vitória Luz (1) Viver de aparências Gi Stadnicki (1) Viver... (1) Voa Voa Meu pássaro Web Mensagens (1) Você (2) Você Amiga (1) Você é o que ninguém vê. (1) web mensagem .Via email (1) web Mensagens Como medir uma pessoa (1) Web Amenidades poemas Quem de Nós? (1) web amenidades pulseiras do amor (1) web bláblá (1) Web Charge (1) web curiosidades Perdoar para renovar (1) web descontração (1) Web diversidade Mistério Misterioso. (1) Web fragmentos (1) Web Mensagem (3) Web Mensagem A garrafa fe Vinho (1) Web Mensagem Marcas da Vida (1) Web Mensagem O Mal de Parkinson (1) Web Mensagem Tratamento Paliativo (1) web Mensagens (21) Web Mensagens Rosas (1) Web Mensagens A folha amassada (1) web mensagens A amante e a esposa (1) Web Mensagens A caricia e o iluminado (1) web Mensagens A Gravidez da Amizade (1) Web Mensagens A Pausa (1) web mensagens Adversidades (1) web mensagens Algumas vezes (1) Web Mensagens Amizade (1) web Mensagens amizades (1) Web Mensagens Arnaldo Jabor (1) Web Mensagens Beijando o Sapo (1) Web Mensagens Bobo Marley (1) Web Mensagens Bullying (1) Web Mensagens Carpinejar Fabricio (1) Web mensagens Conflitos Interiores (1) Web Mensagens Drumonnd (1) Web Mensagens em tempos de Solidão (1) Web mensagens Eu sei (1) Web Mensagens Karla Tabalipa (1) Web Mensagens O sol e o vento (1) Web Mensagens Osho (1) Web Mensagens Otimismo é vital (1) web Mensagens Pablo Neruda Teu riso (1) Web Mensagens Paulo Coelho Reflexão (1) Web Mensagens Perdas e Danos (1) Web Mensagens Porta (1) Web mensagens Quantas vezes (1) Web Mensagens Quem é seu amante (1) Web Mensagens quem somos nós (1) Web Mensagens Reflexo (1) Web Mensagens Saudades (2) web Mensagens saudades II (1) web Mensagens Uma História de Amor Impossível (1) Web Mensagens Universo Umbigo (1) Web mensagens Veríssimo (1) web mensanges (1) web mesnagens (1) Web Mnesagans Vinicius de Morais (1) Web Otimismo (2) web pensamerntos (2) web poemas Ausência Drumonnd sempre (1) Web Reflexão. A bola da Amizade (1) web textos Fernando Pessoa (1) Web Variedades (1) William Shakespeare (1) Yvonne Chaca Chaca África (1) Zíbia Gasparetto (1)
A palavra Psyché, em grego significa borboleta, entendida como sinónimo de alma. A borboleta simboliza a imortalidade da alma: